Busca
    

Fundo Verde vê “enorme prêmio” e mantém posição relevante em NTN-B

11-06-2018 - 13:09:35

 

O fundo Verde, da asset de mesmo nome liderada por Luis Stuhlberger, mantém posições relevantes compradas em NTN-Bs na parte intermediária da curva, “onde vemos um enorme prêmio”, escreveram os gestores, em relatório. Os especialistas da gestora avaliam que o impacto da greve dos caminhoneiros e da desvalorização cambial na inflação deve ser muito minimizado pelo baixo crescimento econômico e consequente falta de capacidade das empresas de repassar preços, o que os leva a crer que a curva de juro precifica altas demais.

Eles lembram que a curva de juros teve uma forte alta nas últimas semanas, em decorrência da depreciação do real e da “ação tímida” do Banco Central, e após Argentina e Turquia terem elevado substancialmente os juros para combater a queda de suas divisas. “Apesar dos nossos problemas fiscais de médio prazo – sobre os quais falamos há muitos anos – a situação brasileira, especialmente no câmbio, é muito diferente da Turquia e Argentina”, escrevem os gestores do Verde, lembrando que o país não tem problemas de conta corrente (com câmbio no nível atual caminhamos para um superávit), além de possuir cobertura de reservas sobre dívida dolarizada substancialmente maior que esses outros países.

Quanto às perspectivas para o crescimento do PIB, os profissionais da asset avaliam que o processo de revisões negativas está apenas no começo. “Apesar das quedas recentes, em muitas ações isso ainda não foi precificado (em várias outras parece ter sido, oportunidades ali podem aparecer)”. Os gestores escrevem também que a greve dos caminhoneiros teve como efeito subsequente trazer para o presente a discussão eleitoral, que eles esperavam que tomasse corpo apenas a partir de agosto. “E como em todo momento de incerteza e volatilidade, a emoção tende a dominar a formação de preço dos ativos”.


VídeosOnline

Mais lidas de Investidor Institucional em 3 meses

Mais lidas de InvestidorOline em 1 mês