Previc abre consulta pública sobre seleção e monitoramento de carteiras de valores mobiliários

A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) disponibilizou nesta sexta-feira, 9 de novembro, a Consulta Pública nº 4 referente a procedimentos para seleção e monitoramento de administração de carteiras de valores mobiliários e de fundos de investimento, com o objetivo de regulamentar as novas diretrizes estabelecidas pela Resolução 4.661.

A minuta define requisitos mínimos para seleção e monitoramento de administração de carteiras de valores e de fundos de investimento e estabelece critérios adicionais para a seleção de Fundo de Investimento em Participações (FIP), Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) e Fundo de Investimento Imobiliário (FII).

A proposta também regulamenta aspectos relacionados ao aporte de 3% do capital subscrito do FIP, e ao requerimento prévio de administração de recursos (US$ 5bilhões) e de experiência (cinco anos) para o gestor do fundo no exterior. O prazo para envio de sugestões se encerra em 25 de novembro.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso