Petroleiros organizam manifestação contra equacionamento e novo plano da Petros

Federação, sindicatos e associações de petroleiros da ativa, aposentados e pensionistas agendaram para a próxima quarta-feira, dia 24, uma manifestação da sede da Petros, no Rio de Janeiro, contra o equacionamento do Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP), de benefício definido, e contra a instituição do Plano Petros 3 (PP3). As entidades estão disponibilizando transporte gratuito para os associados e seus dependentes de várias regiões. A Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) espera reunir ao menos 3,5 mil pessoas na manifestação.
A proposta de equacionamento do déficit do PPSP foi aprovada em setembro de 2017 pelo Conselho Deliberativo da Petros. O déficit de R$ 22,6 bilhões acumulado nos anos de 2013, 2014 e 2015 foi atualizado para o final de 2017, com base na meta atuarial (inflação + taxa de juros), totalizando R$ 27,7 bilhões.
A criação do PP-3 foi aprovada, no final do ano passado, pelo Conselho Deliberativo da Petros e pelo Conselho de Administração da Petrobras e será oferecido para migração voluntária aos participantes ativos e assistidos do PPSP-R e do PPSP-NR.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso