Petros divulga política de investimentos de 2020 a 2024

A Política de Investimentos da Petros para os próximos cinco anos (2020-2024) passa a focar em ativos com rentabilidade esperada maior que os títulos de renda fixa, cujos retornos devem ficar abaixo das metas atuariais. A parcela dos recursos em renda variável vai aumentar, tanto em investimentos diretos (ações em Bolsa), quanto indiretos (fundos de ações). As aplicações em renda fixa serão reduzidas. Além disso, a Política de Investimentos prevê desinvestimentos em ativos com alto grau de concentração para uma melhor gestão de riscos.

O investimento no exterior também está previsto. A estratégia é de diversificação e de proteção, reduzindo a exposição ao risco Brasil. No caso de imóveis, a Petros mantém sua estratégia de desinvestimento ou transferência para fundos nos próximos dez anos, de maneira a se adequar à resolução CMN nº 4.661/18, que veda novos investimentos em imóveis de forma direta. A Fundação permanece com a estratégia de vender os ativos de Fundos de Investimentos em Participações (FIPs) que não estão de acordo com seu programa de investimentos.

As alterações da Política de Investimentos foram feitas com base num cenário econômico que prevê recuperação da atividade econômica no curto e médio prazo, com possível reflexo na inflação e nos juros. Segundo nota da Petros, a Política de Investimento de cada plano leva em consideração sua modalidade, maturidade, características das obrigações e busca o equilíbrio econômico-financeiro entre o ativo e o passivo atuarial e a liquidez necessária para garantir o fluxo de despesas.

Confira, a seguir, os quadros que mostram as diretrizes para os investimentos dos planos Petros do Sistema Petrobras — Repactuados (PPSP-R) e Não Repactuados (PPSP-NR) e Petros-2 (PP-2), maiores planos administrados pela Petros. As Políticas de Investimentos foram concluídas antes da cisão dos planos PPSP-R e PPSP-NR, para reunir os participantes do chamado Grupo Pré-70 no PPSP-R Pré-70 e no PPSP-NR Pré-70. Para esses planos, as decisões quanto às estratégias de investimentos ainda estão em fase de estudos.


Investimentos do PPSP-R Alocação 2020-2024 referência
(setembro/2019) mínimo máximo
Renda fixa 66,4% 20% 100% 46%
Renda variável 21% 0% 45% 33%

Estruturados
FIPs
Multimercado estruturado

1,1%
1,1%
0,0%
0%
0%
0%
20%
5%
15%
10%
0%
10%
Imobiliário 6,2% 0% 10% 6%
Operações com participantes 4,1% 0% 15% 5%
Investimento no exterior 0,0% 0% 10% 0%



Investimentos do PPSP-NR Alocação 2020-2024 referência
(setembro/2019) mínimo máximo
Renda fixa 68,4% 20% 100% 49%
Renda variável 19,4% 0% 45% 33%

Estruturados
FIPs
Multimercado estruturado

1,2%
1,2%
0,0%
0%
0%
0%
20%
5%
15%
6%
0%
6%
Imobiliário 7% 0% 10% 7%
Operações com participantes 2,6% 0% 15% 5%
Investimento no exterior 0,0% 0% 5% 0%



Investimentos do PP-2 Alocação 2020-2024 referência
(setembro/2019) mínimo máximo
Renda fixa 71,0% 0% 100% 32%
Renda variável 18,0% 0% 45% 39%

Estruturados
FIPs
Multimercado estruturado

6,1%
1,2%
4,9%
0%
0%
0%
20%
5%
15%
17%
2%
15%
Imobiliário 1,7% 0% 10% 2%
Operações com participantes 3,2% 0% 15% 5%
Investimento no exterior 0,0% 0% 10% 5%
 

Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso