Mainnav

Governo aprova novos PDVs mas não informa em quais estatais

A Secretaria Especial de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia aprovou para este ano a adoção de mais três propostas de Programa de Desligamento Voluntário (PDVs) para empresas estatais federais e outros quatro já estão em estudo. Quatro processos estão em curso no Correios, Petrobras, Infraero e Embrapa. No entanto, "por uma questão estratégica", segundo a Secretaria, não pode divulgar quais as outras empresas estão com PDVs aprovados e que "quem deve fazer esse anúncio são as próprias companhias".
A estimativa di

Lucro líquido do BTG Pactual atinge R$ 721 milhões no 1T19

O lucro líquido ajustado do BTG Pactual atingiu R$721 milhões no primeiro trimestre de 2019, com crescimento de 9,3% em relação ao mesmo período do ano passado. As receitas totais somaram R$1,482 bilhão e o índice de Basileia fecho

Sul América fecha 1T19 com lucro líquido de 223 milhões

A SulAmérica registrou lucro líquido de R$ 223,5 milhões no primeiro trimestre de 2019, um aumento de 58% em relação ao mesmo período do ano passado. As receitas totais tiveram um crescimento de 10,1%, atingindo R$ 5,3 bilhões. A companhia apresentou forte crescimento em Saúde e Odonto (12,3%), Previdência (7,8%), Capitalização (20,9%) e Gestão e Administração de Ativos (22,5%).

A margem bruta operacional aumentou em 26% no trimestre, totalizando R$ 614,9 milhões, acompanhando o crescimento de receitas e o bom controle de custos e de

Dívida líquida da Petrobras tem alta de 43% no 1T19 e soma R$ 372,2 bi

O balanço de resultos da Petrobras, referente ao primeiro trimestre do ano, divulgado ontem à noite, aponta o crescimento de 43% da dívida líquida da companhia, na comparação anual, totalizando R$ 372,2 bilhões. Segundo o documento da estatal, o resultado se deve à adoção do IRFS 16, com o impacto do lançamento de arrendamentos mercantis, que saltou de R$ 759 milhões para R$ 106 bilhões, na mesma base de comparação.
Desconsiderando o efeito IRFS 16, a dívida bruta teve redução de 9,7%, na comparação anual, e de 6% na comparação trimest

Lucro Líquido do Banco Votorantim foi de R$ 336 bi no 1T19

O Retorno sobre Patrimônio Líquido (ROE) do Banco Votorantim no primeiro trimestre de 2019 alcançou 14,8%, contra 11,8% reportado no 1T18. O lucro líquido foi de R$ 336 milhões.

“A consistência do plano estratégico do Banco Votorantim nos permite crescer novamente o patamar de ROE. Isso é reflexo do nosso foco no avanço da rentabilização dos negócios, aumento da eficiência operacional e diversificação das fontes de receitas. Seguimos em uma crescente evolução, colhendo os frutos do trabalho iniciado há três anos”, comemora Elcio Jorg

Presidente dos Correios defende abertura de capital para minoritários

O presidente dos Correios, General Juarez Cunha, defendeu a abertura de capital da empresa a “acionistas minoritários” como alternativa à privatização da empresa, em podcast dirigido aos funcionários, publicado no canal oficial no YouTube. Na mensagem, Cunha ressalta que a empresa está passando por um processo de modernização para atender às exigências de competitividade do mercado e para a sanar “a devassa” financeira pela qual os Correios passaram nos últimos anos.

O general destacou ainda a importância do papel social dos Correios

Conselho confirma Eduardo Bartolomeo na presidência da Vale

A Vale informou, ontem à noite, que o Conselho de Administração confirmou o nome de Eduardo Bartolomeo na presidência da companhia. De acordo com comunicado ao mercado, Bartolomeo foi escolhido a partir de uma lista preparada pela Spencer Stuart, empresa internacional de seleção de executivos, "em conformidade com a governança da companhia".
Bartolomeo está na Vale há dez anos, tendo exercido as funções de diretor executivo de Logística, Operações Integradas de Bulk Commodities e de Metais Básicos no Canadá.
A Vale informa ainda

Neonergia vai emitir até R$ 1,5 bilhão em debêntures com vencimento em 10 e 14 anos

A Neoenergia informou, ontem, que fará sua sexta emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em até duas séries. A oferta total pode chegar R$ 1,5 bilhão, conforme apurado no processo de bookbulding, sob a coordenação do BB–BI, Itaú BBA, Santander, Citibank e XP Investimentos. De acordo com fato relevante da companhia, o prazo de vencimento das debêntures da primeira série será de dez anos e da segunda série, 14 anos.
Os recursos captados serão destinados a "pagamentos futuros ou reembolso de gastos relacionados ao desenv

Previ poderá ter três assentos no novo Conselho da Vale

Os acionistas da Vale se reúnem, amanhã (30/04), em assembleia, para eleger os novos membros do Conselho de Administração. A proposta da administração indicou dois novos nomes da Previ para compor o conselho: José Maurício Coelho, presidente da fundação, e Márcio Hamilton Ferreira, presidente do Conselho Deliberativo. O diretor de Seguridade da Previ, Marcel Juviniano, já possui assento no colegiado da mineradora e pode ser reconduzido.
Previ, Petros, Funcef e Funcesp têm participação na Vale por meio da empresa Litel, com 22%, maior f

Governo de SP institui grupo de trabalho para estudar privatização da Sabesp

A Sabesp, empresa de saneamento básico do estado de São Paulo, publicou fato relevante informando a constituição de grupo de trabalho com o objetivo de avaliar alternativas de reorganização societária da empresa. Segundo o comunicado do departamento de Relações com Investidores da empresa, a medida segue orientação do Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização, instituído pela Lei Estadual 9.361 de 5 de julho de 1996. Ainda de acordo com o comunicado, o extrato da ata contendo a deliberação encontra-se disponível no site de Rela