Mainnav

Munich Re pode criar gestora de fundos quantitativos no Brasil

A Munich Re, uma das maiores empresas de seguros e resseguros do mundo, está analisando a possibilidade de criar uma gestora de fundos quantitativos no Brasil. O grupo alemão, que atualmente opera no Brasil apenas com as áreas de seguro e resseguro, estaria analisando também os mercados do Chile, Perú e Colômbia para implantar a operação de fundos quants, como são mais conhecidos os fundos quantitativos.

Essa área de gestão de fundos quants, por enquanto, existe apenas na Alemanha, matriz da Munich Re. Segundo uma fonte a par dos pla

Bradesco divulga lucro líquido de R$ 6,2 bilhões no 1T

O Bradesco divulgou hoje um lucro líquido recorrente de R$6,2 bilhões no 1º trimestre do ano, aumento de 7,0% em relação ao trimestre anterior e de 22,3% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado corresponde a R$2,83 por ação, com rentabilidade de 20,5% sobre o patrimônio líquido. O resultado operacional foi de R$8,9 bilhões, aumento de 3,1% em relação ao trimestre anterior e de 15,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Índice de Basiléia Nível I em março de 2019 foi de 14,4%, aumento de 70 pontos percentuais

Correios na mira de Guedes para privatização

Segundo fontes do governo federal, a privatização dos Correios está na pauta da equipe econômica. O ministro da Economia, Paulo Guedes, inclusive já teria convencido o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, pasta a qual a estatal é subordinada, da importância da medida. Entre os argumentos apresentados por Guedes à Pontes está o déficit do Postalis, o fundo de pensão da estatal, que obriga atualmente os participantes a descontarem mais de 20% de seus salários para equacionar o atuarial do fundo.

O objetivo do ministro da Ec

Após reunião com Bolsonaro, ministros anunciam não interferência nos preços da Petrobras

O ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou, ontem à noite, após reunião com presidente Jair Bolsonaro e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que o governo está comprometido em não manipular preços e em aumentar a transparência da Petrobras. Na reunião, os ministros explicaram a Bolsonaro como funciona o processo de formação de preços dos combustíveis.

Em coletiva de imprensa após a reunião, Guedes alertou que um eventual congelamento de preços colocaria em risco os futuros leilões de gás e petróleo, inclusive do exce

Ministro diz que governo não irá alterar política de preços da Petrobras

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, negou nesta terça-feira, dia 16, a possibilidade de o governo interferir na política de preços da Petrobras. Perguntado se o governo pretende promover algum tipo de alteração na política da empresa, o ministro respondeu: “Nenhuma". Segundo ele, houve um “erro de comunicação” no episódio envolvendo a divulgação e posterior suspensão do reajuste do preço do diesel pela Petrobras na semana passada.

A declaração do ministro ocorreu durante um evento para debater o setor de óleo e gás e po

FIP BKO I Multiestrategia estreia na B3 e movimenta R$ 50,1 milhões

O Fundo de Investimento em Participações BKO I Multiestrategia, direcionado a investidores qualificados, passou a ter suas cotas negociadas no mercado de bolsa, ontem, dia 15, com nome de pregão FIP BKO BREI e código de negociação de BKOI11. Na primeira emissão de cotas do fundo, foram subscritas e integralizadas 50.107 cotas, no montante total de R$ 50,1 milhões.

Abrapp e Anfavea se reúnem para discutir plano instituído para setor automotivo

Representantes da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e da Abrapp se reuniram, ontem, dia 15, para tratar do cenário atual da Previdência no País e das opções de oferecer planos de benefícios para as empresas automotivas e seus funcionários. Segundo nota da Abrapp, os dirigentes da Anfavea demonstraram interesse no funcionamento de um plano instituído setorial de Previdência Complementar. O tema será levado para análise interna na associação dos fabricantes. “Se for aprovado pelos demais dirigentes da Anfave

STJ mantém decisão que obriga Avianca a devolver aviões

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, na sexta-feira, dia 12, pedido da Avianca, companhia aérea que está em recuperação judicial, para suspender decisões do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) que determinaram a devolução imediata de nove aeronaves e um motor para as empresas arrendadoras.
Segundo a decisão, após a realização da assembleia geral de credores da Avianca, as arrendadoras solicitaram, nos autos de ação de reintegração de posse, nova ordem para retomar os aviões e motores.
A Avianca argumentou no recurso a de

CVM lança estudo sobre mercado de dívida corporativa no Brasil

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançou, ontem, o estudo "Mercado de dívida corporativa no Brasil – Uma análise dos desafios e propostas para seu desenvolvimento". Segundo nota, a CVM tem o objetivo de buscar maior compreensão sobre esse mercado, tanto no Brasil quanto nos demais países, "para formulação de estratégias públicas e privadas que estimulem o mercado de capitais e fortaleçam sua capacidade de atender às necessidades de recursos das empresas nacionais".
O panorama atual do mercado brasileiro de renda fixa corporativa e

Nota de crédito da CSN sai da escala "lixo"

A agência de classificação de risco Standard&Poor's (S&P) elevou o rating da siderúgica CSN de 'CCC+' para 'B+', com perspectiva positiva. Com a ação, a nota de crédito da companhia deixa de ser considerada "lixo" pelo mercado.
"A perspectiva positiva reflete nossa expectativa de que a empresa continuará melhorando seu desempenho operacional, que, aliado às iniciativas de capitalização em vigor, como a venda de ativos e o refinanciamento de dívidas, e uma política financeira mais conservadora, permitirão atender à grande maioria de obr