Mainnav

Dividendos nos FIIs só quando houver lucro contábil, diz CVM

A Comiss√£o de Valores Mobili√°rios (CVM) reiterou em nota publicada na √ļltima sexta-feira (28/01) que a decis√£o que tomou em rela√ß√£o ao fundo imobili√°rio Maxi Renda, de s√≥ pagar dividendos aos seus cotistas quando tiver lucro cont√°bil, deve estender-se ao demais fundos imobili√°rios. A autarquia diz que ‚Äúa referida decis√£o envolveu um caso espec√≠fico, mas o entendimento ali manifestado pode se aplicar aos demais fundos de investimento imobili√°rio que tenham caracter√≠sticas similares ao do caso analisado‚ÄĚ.
De acordo com o voto vencedor do

Banco Inter opera em alta ap√≥s BlackRock anunciar compra de a√ß√Ķes

O Banco Inter recebeu correspond√™ncia da BlackRock, gestora de investimentos global norte-americana, informando a aquisi√ß√£o de aproximadamente 5,05% do total de a√ß√Ķes preferenciais emitidas pela companhia. Com a divulga√ß√£o da opera√ß√£o, as a√ß√Ķes do Inter operaram em alta no preg√£o desta quinta-feira (27/01), com os pap√©is preferenciais do banco digital subindo 6,31%, cotados a R$ 8,59.
A BlackRock divulgou nota explicando que o objetivo da aquisição é estritamente de investimento, não objetivando alteração do controle acionário ou da est

Rio Bravo e Guide distribuir√£o fundo ESG global da Templeton

A Rio Bravo est√° lan√ßando feeders do Templeton Global Climate Change, fundo global de a√ß√Ķes que investe em empresas fornecedoras de solu√ß√Ķes para mitigar emiss√Ķes de gases de efeito estufa e tamb√©m empresas que reduziram ou est√£o em processo de redu√ß√£o de suas pr√≥prias emiss√Ķes. O fundo ter√° um ve√≠culo para o varejo, distribu√≠do pela Guide Investimentos, e outro para o p√ļblico institucional, distribu√≠do pela Rio Bravo, ambas empresas controladas pelo grupo chin√™s Fosun
Com mais de 30 anos de exist√™ncia e patrim√īnio l√≠quido da ordem de U

SulAmérica lança três novos fundos de renda fixa

A SulAm√©rica Investimentos, em linha com a alta da Selic que vem desde o in√≠cio de 2021, est√° lan√ßando tr√™s novos fundos de renda fixa, sendo que dois deles, o SulAm√©rica Income e o SulAm√©rica Capital, s√£o adequados √† Resolu√ß√£o 4.661. O primeiro tem como objetivo superar o IMA-B 5, seu benchmark, enquanto o segundo visa entregar CDI + 1,50% ao ano atrav√©s de estrat√©gias de juros e posi√ß√Ķes em ativos de cr√©dito privado.
Já o terceiro fundo, o SulAmérica Retorno Total, tem como objetivo entregar CDI + 3,00% ao não. Com perfil mais arrojad

Fundos têm resgate líquido na semana de 17 a 21 de janeiro

Os fundos de investimento tiveram resgates l√≠quidos de R$ 1,7 bilh√£o entre os dias 17 e 21 de janeiro, segundo relat√≥rio semanal da Associa√ß√£o Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). No ano, at√© 21 de janeiro, a ind√ļstria acumula capta√ß√£o l√≠quida positiva de RÔľĄ 47,7 bilh√Ķes.
Os multimercados puxaram o resultado negativo da semana de 17 e 21 de janeiro, com sa√≠das l√≠quidas de RÔľĄ 4,3 bilh√Ķes. Os fundos de a√ß√Ķes, de previd√™ncia e ETFs tamb√©m registraram com resgates l√≠quidos de RÔľĄ 2 bilh√Ķes, RÔľĄ 1,6 bilh

Schroders quer atingir R$ 1,5 bilh√£o em fundos exclusivos globais

Daniel Celano, CEO da Schroders Brasil
Daniel Celano, CEO da Schroders Brasil

A gestora Schroders aposta em uma nova etapa de expans√£o dos investimentos no exterior por parte dos fundos de pens√£o brasileiros, neste ano. A casa come√ßa 2022 com nove mandatos de entidades fechadas de previd√™ncia complementar para fundos exclusivos internacionais, que somam R$ 1,3 bilh√£o em aplica√ß√Ķes j√° feitas, e projeta mais R$ 200 milh√Ķes a serem captados no pr√≥ximo trimestre.
Al√©m disso, planeja expandir seus produtos globais de prateleira. ‚ÄĚEstamos conversando com os distribuidores que t√™m as funda√ß√Ķes como alvo e pretendemos sa

Rio Bravo lan√ßa em fevereiro √°rea de solu√ß√Ķes de investimentos

Daniel Sandoval, diretor comercial e head da √°rea de solu√ß√Ķes de investimentos da Rio Bravo
Daniel Sandoval, diretor comercial e head da √°rea de solu√ß√Ķes de investimentos da Rio Bravo

A Rio Bravo, gestora comprada pela chinesa Fosun h√° cerca de tr√™s anos, pretende lan√ßar em fevereiro pr√≥ximo uma √°rea de solu√ß√Ķes de investimentos para atender √†s demandas espec√≠ficas de clientes institucionais, como fundos de pens√£o, regimes pr√≥prios de previd√™ncia e family-offices. A √°rea ir√° analisar as necessidades atuariais e de retorno do capital desses clientes e propor solu√ß√Ķes que v√£o desde a cria√ß√£o de um fundo exclusivo com estrat√©gia diferenciada at√© o uso de fundos de fundos condominiais ou a montagem de carteiras administradas,

MAG assume dois fundos de crédito privado da Gama Investimentos

Fernando Gabriades, diretor comercial da MAG
Fernando Gabriades, diretor comercial da MAG

A Mongeral Aegon (MAG) assumiu dois fundos de crédito privado da Gama Investimentos, gestora cujo controle foi comprado pela Itabubá Investimentos no final do ano passado. Já sob controle da Itajubá, a Gama optou por redirecionar seu foco de atuação para a distribuição de feeders funds de gestores internacionais e está desfazendo-se outras classes de ativos, caso dos fundos de crédito privado que vendeu à MAG.
Segundo o diretor comercial da MAG, Fernando Gabriades, os dois fundos absorvidos da Gama somam cerca de R$ 200 milh√Ķes. Eles se

Fundos têm captação líquida de R$ 33,7 bi de 10 e 14 de janeiro

Os fundos de investimento tiveram capta√ß√£o l√≠quida de R$ 33,7 bilh√Ķes entre os dias 10 e 14 de janeiro, com aportes R$ 198,3 bilh√Ķes e resgates de R$ 164,5 bilh√Ķes no per√≠odo, segundo relat√≥rio semanal da Associa√ß√£o Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).
Os fundos de renda fixa puxaram o resultado, com saldos positivos de R$ 44,5 bilh√Ķes, seguido pelos FIPs e ETFs, com resultados positivos de 432 milh√Ķes e R$ 117,1 milh√Ķes, respectivamente.
Os resultados negativos ficaram por conta dos multimercado

Larry Fink fala de mudanças de paradigma na sua carta anual

Larry Fink, CEO da BlackRock
Larry Fink, CEO da BlackRock

Em sua tradicional carta enviada anualmente √† CEOs de empresas de todo o mundo, o presidente do Conselho de Administra√ß√£o e CEO da BlackRock, Larry Fink, enfatiza o momento de mudan√ßas pelo qual o mundo est√° passando. Na carta deste ano, publicada hoje (18/01), ele ressalta as mudan√ßas que acontecem no mundo do trabalho, o surgimento de empresas disruptivas, a import√Ęncia crescente da sustentabilidade nos neg√≥cios e o papel dos acionistas como indutores de processos ESG nas empresas.
A carta deste ano se concentra em englobar o capitali