Tivit é terceira empresa a desistir de oferta de ações este ano

Com a confirmação da desistência da Tivit em sua oferta inicial de ações (IPO), anunciada na segunda-feira, já são três processos de abertura de capital cancelados, este ano, junto com Banco BMG, em março, e Vamos, subsidiária da JSL, em abril.
A expectativa dos agentes de mercado era de que 2019 marcasse a retomada das emissões de ações, com estimativa divulgada de 20 a 30 IPOs. A B3 confirmou que mantém sua estimativa de até 30 IPOs este ano, condicionada à agenda de reformas e outros fatores macroeconômicos.
Por ora, a única oferta em andamento é a da Neoenergia, controlada pela espanhola Iberdrola e pela Previ, que protocolou a minuta do prospecto preliminar no início de maio. O cronograma tentativo da oferta ainda não foi informado publicamente.
A operação da Centauro ainda é a única com resultado efetivo, em que a companhia captou R$ 772 milhões com o IPO finalizado em meados de abril.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso