Card image cap
Mercado de Capitais
Investidores estão mais abertos ao risco
Com a queda dos juros, fundos de ações, multimercados e imobiliários são as apostas
10-01-2020 14:48:17
Card image cap
Gestores
Panamby vem a mercado com dois fundos
A nova asset, comandada pelo ex–BC Reinaldo Le Grazie, começa as atividades com um multimercado e um FII de CRIs
27-12-2019 14:52:00
Card image cap
Gestores
Garde diversifica com fundos de ações
Gestora comemorou sinal verde dado pela CVM para estrear sua nova área
27-12-2019 14:45:00
Card image cap
Mercado de Capitais
Pesquisa feita com gestores mostra otimismo com ações
Expectativa é que fundos de ações e multimercados cresçam forte em 2020
27-12-2019 14:15:00
Card image cap
Gestores
A Fosum chegou ao Brasil para ficar, diz Bilyk
A gigante chinesa já investiu R$ 1 bilhão no País, num espaço de quatro anos
27-12-2019 14:10:00
Card image cap
Fundos de Pensão
Abriram o champagne e comemoraram antes da hora
A aposta das entidades em planos familiares ainda não resultou em bons negócios
10-01-2020 14:06:00
Card image cap
Gestores
Ele entregou 66% ao ano durante três décadas
Livro conta a trajetória do matemático e gestor Jim Simons e de sua obra–prima, o fund...
27-12-2019 14:05:00
Card image cap
Mercado de Capitais
O que esperam as lideranças do ano que vem
Dezesseis importantes líderes, de vários setores do mercado de investimentos, falam sobre suas expectativas para 2020
27-12-2019 14:50:00
Card image cap
Mercado de Capitais
Desenvolver o mercado é prioridade
Marcelo Barbosa é presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
10-01-2020 13:54:43
Card image cap
Mercado de Capitais
Mercado em alta amplia opções ao investidor
Carlos Ambrósio é presidente da Assoc. Bras. Entid. Merc. Financ. e Capitais (Anbima)
10-01-2020 13:51:11
Card image cap
Mercado de Capitais
Uma revolução no mercado financeiro e de capitais
Carlos André é presidente da BB-DTVM
10-01-2020 13:48:42
Card image cap
Mercado de Capitais
Previdência fechada supera R$ 1 trilhão em 2020
Luís Ricardo Marcondes Martins é presidente da Abrapp
10-01-2020 13:45:27
Card image cap
Mercado de Capitais
Velhos hábitos são difíceis de mudar
Carlos Massaru Takahashi é CEO da BlackRock Brasil
10-01-2020 13:42:22
Card image cap
Mercado de Capitais
Estratégias para juros em queda
Walter Mendes é presidente da Fundação Cesp - Funcesp
10-01-2020 13:39:06
Card image cap
Mercado de Capitais
Hora de olhar para a frente e virar a página
Piero Minardi é presidente da Assoc. Bras. de Private Equity & Venture Capital - Abvcap
10-01-2020 13:36:16
Card image cap
Fundos de Pensão
Funpresp vai lançar perfis de investimento
A entidade promoveu licitações para a escolha dos fundos que servirão de base aos seus perfis de investimentos
27-12-2019 14:49:00
Card image cap
Mercado de Capitais
Previ acrescenta integridade à sigla ASG
José Maurício Pereira Coelho é presidente da Previ, o fundo de pensão do BB
10-01-2020 13:33:11
Card image cap
Mercado de Capitais
Desconstruindo a cultura rentista do investidor brasileiro
Luiz Sorge é CEO do BNP Paribas Asset Management Brasil
10-01-2020 13:30:09
Card image cap
Mercado de Capitais
CNPJ por planos dá mais segurança às entidades
Regidia Alvina Frantz é superintendente da Previsc
10-01-2020 13:27:59
Card image cap
Mercado de Capitais
Incerteza e volatilidade no novo cenário
Marcelo Giufrida é sócio e CEO da Garde Asset Management
10-01-2020 13:24:40
Card image cap
Mercado de Capitais
O papel dos Conselhos nas decisões de investimentos
Fábio Coelho é presidente da Amec e ex-superintendente interino da Previc
10-01-2020 13:21:43

Apex Capital prevê Ibovespa aos 110 mil pontos em 2019 caso se confirme a vitória de Bolsonaro

A Apex Capital prevê em seu cenário otimista que, caso o candidato Jair Bolsonaro confirme seu favoritismo apontado no primeiro turno e vença a disputa para presidência em 2019, o Ibovespa, que atualmente oscila na casa dos 86 mil pontos, pode chegar a dezembro do ano que vem ao redor dos 110 mil pontos. A gestora trabalha com 80% de probabilidade de vitória do candidato do PSL no próximo dia 28 de outubro.

O sócio fundador da Apex, Fábio Spinola, avalia que o eventual governo Bolsonaro pode aproveitar o primeiro ano de mandato, quando, em tese, terá mais força política para negociar com o Congresso a aprovação de importantes medidas de ajuste fiscal como a reforma da previdência e a cessão onerosa da Petrobras.

“O mix de política já declarado pelo Bolsonaro e Paulo Guedes é pró-mercado, reformista”, afirmou Spinola, durante teleconferência com clientes nesta terça-feira, 9 de outubro, para tratar da visão da Apex quanto aos rumos do mercado após os resultado do primeiro turno. Na avaliação do especialista, empresas estatais, e principalmente Petrobras, Eletrobras e Banco do Brasil são ativos que tendem a ter um desempenho acima da média do mercado nos primeiros meses de um eventual governo Bolsonaro.

Riscos - Já o economista da Apex, Eduardo Andrade, colocou como um risco em potencial no governo Bolsonaro sua habilidade que ainda terá de ser provada de coordenação política para negociar com os congressistas a aprovação das medidas. “Como resultado do primeiro turno das eleições vimos uma grande pulverização dos partidos na Câmara, o que vai tornar difícil a aprovação de medidas como a reforma da previdência, com a necessidade de uma boa equipe de coordenação política”, pontou o especialista, acrescentando que ainda não está claro quais seriam os nomes no governo Bolsonaro responsáveis por essa articulação.

Andrade lembrou também dos potenciais riscos de conflitos internos entre a visão liberal de Paulo Guedes com uma visão mais estadista do militar. “Já vimos esse conflito acontencer na campanha, e não dá para descartar a possibilidade de voltar a ocorrer”.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso