Mainnav

Volatilidade nas assets continuou elevada

Edição 339

A edi√ß√£o de Investidor Institucional que traz os Melhores Fundos, tradicional ranking que publicamos h√° mais de vinte anos analisando o desempenho dos fundos com cotistas institucionais, sejam eles fundos de pens√£o ou RPPSs, mostra que os 12 meses encerrados em 30 de junho deste ano foram dif√≠ceis para os gestores. Volatilidade continua a ser a palavra que melhor define o ambiente onde as decis√Ķes de investimento s√£o tomadas. Com an√°lise da empresa ComDinheiro, este ranking traz 896 fundos, de 138 gestores, nos per√≠odos de 12, 24 e 36 meses.
No per√≠odo de 12 meses, 304 fundos foram classificados como Excelentes (bandeira verde), 293 como Adequados (bandeira amarela) e 299 como Insuficientes (bandeira vermelha). O gestor com o maior n√ļmero de fundos Excelentes em 12 meses foi a Bram, com 36 fundos verdes, seguido pela BB DTVM com 32 e Ita√ļ com 26.
Na avaliação do diretor da Bradesco Asset Management (Bram), Luiz Philipe Biolchini, a gestora antecipou a dimensão do corte das taxas de juros pelo Banco Central, apostando na queda forte da Selic e na reprecificação dos ativos de renda fixa.
J√° para o diretor de produtos da BB DTVM, que al√©m de ser a segunda no ranking geral √© a primeira com o maior n√ļmero de fundos de a√ß√Ķes excelentes, o desempenho √© resultado da aposta na an√°lise fundamentalista e de cen√°rios rigorosa, permitindo localizar empresas com fundamentos s√≥lidos e pre√ßos descontados.
Fernando Cavallete, especialista em portf√≥lio da Ita√ļ Asset Management, diz que o trunfo da casa para garantir performance foi municiar a equipe de gest√£o com o trabalho da √°rea de pesquisa macro, incluindo a parte de data science respons√°vel por indicadores e ferramentas usadas em estrat√©gias quantitativas que complementam os fundos ativo.
Esta edição, além do especial dos Melhores Fundos, traz também várias reportagens que valem a pena serem lidas, entre elas uma falando sobre a abertura de capital por assets brasileiras e outra sobre os primeiros lançamentos dos Fiagros, os fundos de investimento nas cadeias produtivas agroindustriais. Boa leitura a todos.