CVM estuda abrir FIDCs para pessoas físicas

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) estuda a possibilidade de permitir às pessoas físicas, o investimentos em Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs). Segundo informações de Marcelo Barbosa ao jornal “Valor”, a possibilidade deve ser discutida internamente para, posteriormente, ser objeto de audiência pública. Barbosa disse que a  audiência pública poderia ser realizada ainda neste ano

A possibilidade seria aberta a fundos com crédito performado, cedido por um único cedente, com exigência de classificação de risco e necessidade de oferta pública registrada.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso