Senado aprova reforma da previdência em segundo turno

O Senado aprovou na noite de ontem, terça-feira (22/10), o texto-base da proposta de reforma da Previdência por 60 votos a 19. A votação, em segundo turno, segue agora para promulgação pelo Congresso.

Por ser uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), a reforma precisou ser aprovada duas vezes na Câmara e duas no Senado. O texto não precisa ser sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Com a aprovação da reforma, cai a possibilidade de aposentadoria por tempo de contribuição. A reforma cria uma idade mínima de aposentadoria de 62 anos para mulheres e de 65 para homens, com uma regra de transição para mulheres a partir de 56 anos e homens a partir dos 61 anos, aumentando seis meses a cada ano que falta.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso