Planos da Previ ficam acima da meta em 2018 até outubro

Os dois planos da Previ conseguiram superar sua meta atuarial em 2018, até outubro. O Plano 1 rendeu 17,96%, e o Previ Futuro, 11,84%, contra uma meta de 7,84%. Por conta do bom desempenho apresentado, o resultado positivo do Plano 1 em 2018 é de R$ 14,48 bilhões. O superávit acumulado, somado ao resultado final do exercício de 2017, é R$ 10,190 bilhões. 

“O cenário político-econômico desafiador dos últimos meses gerou oscilações no mercado financeiro e repercutiu nos planos de benefícios. Mas com ativos sólidos, fortes e resilientes, os investimentos da Previ em boas companhias voltam a rentabilizar ao menor sinal de recuperação da economia, como os números já comprovaram diversas vezes”, diz a Previ, em comunicado. O histórico de rentabilidade do Plano 1 de 2005 até 2017 é de 305%, acima da meta atuarial no mesmo período, que foi de 262%, e mais do que o dobro do Ibovespa, que foi de 128%.

Tábua - Ao final do exercício de 2018 será realizada a troca da Tábua de Mortalidade dos planos de benefícios. A revisão do instrumento já foi aprovada pelo Conselho Deliberativo da Previ. A revisão da Tábua de Mortalidade acarreta um aumento do compromisso financeiro dos planos, porque é consequência de uma longevidade cada vez maior dos participantes.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso