Fusan reduz meta atuarial em 2019 de 5,75% para 5,50%

A Fusan reduziu sua meta atuarial para o ano de 2019 de 5,75% para 5,50%. “O estudo atuarial e financeiro apontou para a necessidade de reduzir a taxa de juros de 5,75% ao ano para 5,50% ao ano, uma vez que o mercado financeiro não remunera mais seus capitais no mesmo patamar das taxas do passado”, diz o informe publicado pela entidade. Se a taxa de 5,75% permanecesse como premissa atuarial, prossegue a fundação no documento, estaria se aumentando a possibilidade do FusanPrev apresentar desequilíbrio entre seus compromissos e o retorno dos investimentos, o que poderia originar déficit. A nova taxa de 5,50% ao ano passa a vigorar a partir de janeiro de 2019.

A Fusan destaca ainda que a partir de janeiro de 2019, a principal mudança ocorrerá na concessão dos benefícios previdenciários. O fator previdenciário que é aplicado sobre o montante das reservas sofrerá alteração para a nova taxa de juros. Na prática ocorrerá uma redução na expectativa de benefício da ordem de 2,5%.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso