Fundação CEEE busca interlocução com governo sobre alienação na patrocinadora

A Fundação CEEE encaminhou na terça-feira, 29 de janeiro, uma correspondência ao governador Eduardo Leite com cópia ao Secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura Artur Lemos Júnior, solicitando a participação de representante legal da EFPC em todos os grupos e reuniões institucionais do governo do Estado que tratem do processo de alienação de qualquer parcela do Grupo CEEE.

“A Fundação CEEE é parte interessada nesse processo, pois é a principal credora do Grupo CEEE, por meio de contratos de confissão de dívida e outras obrigações que somam mais de R$ 1.5 bilhão. Esses contratos possuem garantias, direitos e obrigações, passíveis de execução no caso de inadimplemento e de redução de garantias ou alienação de ativos por parte das patrocinadoras”, informa a entidade previdenciária, em comunicado.

Na correspondência, a Fundação CEEE expõe a necessidade de prevenir eventuais consequências que possam prejudicar o patrimônio da entidade, responsável pela poupança previdenciária de mais de 16 mil participantes.

A Fundação CEEE informou que paga mais de R$ 600 milhões, por ano em benefícios, a mais de 9 mil assistidos (aposentados e pensionistas). Abrange um universo de 30 mil vidas, entre ativos, aposentados, pensionistas e dependentes, contando com um patrimônio de, aproximadamente, R$ 6,7 bilhões destinados a honrar a cobertura previdenciária dos participantes.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso