Previ liderou troca de gestor responsável pelo FIP Global Equity

“A Previ ressalta que no final de 2015 - quase um ano antes da Operação Greenfield ser deflagrada - liderou o processo de substituição do gestor do FIP, assim que foram identificados problemas na gestão. O objetivo da ação foi reforçar o acompanhamento e a diligência sobre os recursos investidos”, diz a Previ, em comunicado, após o Ministério Público, por meio da força tarefa Greenfield, ter denunciado 34 pessoas por operações irregulares envolvendo o Fundo de Investimentos em Participações Global Equity Properties (FIP GEP). Entre os denunciados está Renê Sanda, ex-diretor de investimentos do fundo de pensão.

Com a troca do gestor, prossegue a EFPC, foram adotadas todas as medidas cabíveis para reaver os valores, dentre as quais a entidade destaca diligência relacionada aos atos praticados pelo antigo gestor do FIP GEP; apresentação de reclamação na CVM contra o antigo gestor do FIP GEP; apresentação de notícia crime na Polícia Federal contra o antigo gestor do FIP GEP e pessoas físicas vinculadas; e procedimento arbitral contra antigo gestor pelos atos praticados e que causaram prejuízo ao FIP GEP.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso