Trinckquel na presidência interina e Mathias na diretoria de investimentos da Petros

O Conselho Deliberativo da Petros nomeou Henrique Trinckquel, diretor administrativo e financeiro da entidade, para assumir interinamente a presidência da fundação, devendo permanecer no cargo até "a conclusão do processo para definição do novo presidente, que está sendo conduzido por consultoria de recrutamento, observando critérios técnicos", segundo nota divulgada pela fundação. Além disso, também foi contratado o economista Alexandre da Cunha Mathias para a diretoria de investimentos.

A renúncia de Daniel Lima, além da presidência também ficou vago o cargo de diretor de Investimentos, que ele acumulava. Segundo a nota da Petros, o economista Alexandre da Cunha Mathias foi escolhido por meio de processo seletivo no mercado. A escolha, segundo a nota, "contou com a condução de uma comissão paritária da Fundação, com a participação de dois conselheiros — um representante da patrocinadora e o outro dos participantes — e dois diretores". Para ser empossado na Petros, o executivo ainda precisa ser habilitado pela Previc.
A Petros informa que Mathias é doutorando em Economia pela Unicamp e tem ampla experiência em gestão de ativos, inclusive com atuação em portfólios de fundos de pensão. Trabalhou de 2012 até o momento na Bradesco Asset Management (BRAM), onde foi superintendente de Indexados e Asset Allocation e superintendente de Desenvolvimento de Produtos e Negócios. Teve atuação também no Itaú Asset Management e Unibanco Asset Management (UAM).


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso