CNPC pode obrigar fundos de pensão a ter site

O aperfeiçoamento da transparência do sistema de fundos de pensão estará em pauta na próxima reunião do Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC), agendada para 4 de dezembro. Os membros do órgão colegiado irão analisar proposta da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) que pretende tornar obrigatória a manutenção de sites e portais digitais pelas fundações de previdência.

"A ideia é garantir acesso a informações sobre planos e benefícios a todos os participantes e assistidos do sistema, algo que está longe de ocorrer no momento, já que cerca de 30% das 295 entidades fechadas de previdência complementar não estão presentes na internet", comenta Antônio Fernando Gazzoni, representante titular dos patrocinadores de fundos de pensão no CNPC. "Outra exigência que estará em análise é a oferta compulsória, em sites e portais das entidades, de simuladores que permitam aos participantes projetar, de fato, os benefícios que irão receber quando se aposentarem."


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso