Mainnav

Postalis prepara fundo exclusivo de investimento no exterior

Pedro Pedrosa PostalisO Postalis, o fundo de pensão dos funcionários dos Correios, prepara a criação de um fundo de investimento no exterior (FIEx) exclusivo. A proposta está prestes a ser apresentada pela diretoria ao conselho deliberativo da entidade e a intenção é que seja implementada nos próximos meses. "Já há até candidatos potenciais ao processo de seleção, pois fizemos os primeiros contatos com gestores especializados há dois meses", conta o diretor de investimentos Pedro Pedrosa.
Restritas ao plano BD, hoje com patrim√īnio ao redor de R$ 3,2 bilh√Ķes, as aplica√ß√Ķes no exterior tiveram in√≠cio em 2009 e garantiram desde ent√£o, na maior parte desse per√≠odo, retornos consistentes √† funda√ß√£o. De janeiro a novembro do √ļltimo ano, por exemplo, a estrat√©gia alcan√ßou um ganho de 39,23%, praticamente o dobro dos √≠ndices apurados nos dois exerc√≠cios anteriores.
"O objetivo √© elevar as aplica√ß√Ķes no exterior do Plano BD do patamar atual de 6,3% para algo pr√≥ximo a 10% do portf√≥lio total, limite m√°ximo estabelecido pela Resolu√ß√£o 4.661 do Conselho Monet√°rio Nacional. A eleva√ß√£o dever√° ser realizada em duas tranches ‚Äď a primeira nos pr√≥ximos meses, a segunda em dezembro", diz Pedrosa. "O novo fundo tamb√©m realizar√° as primeiras aloca√ß√Ķes em mercados externos do nosso maior plano, o PostalPrev, embora esse projeto ainda n√£o tenha um cronograma estabelecido."
O FIEx √© um dos dois fundos exclusivos em elabora√ß√£o pelo Postalis. O segundo far√° companhia ao tamb√©m exclusivo FIC FIA Postal Brasil, pilotado pela Vinci Partners, e √† carteira pr√≥pria da entidade nas aplica√ß√Ķes em renda vari√°vel no cen√°rio dom√©stico. ‚ÄúDois gestores externos e um interno formar√£o um bom mix na √°rea‚ÄĚ, diz Pedrosa.