Mainnav

Postalis recebe propostas de 18 gestores para fundo de exterior

OliveiraPauloHumbertoCesar dePostalis 20mar 01Para o presidente do fundo de pensão dos funcionários dos Correios, Paulo Humberto Cesar de Oliveira, o recebimento de 18 propostas de gestores interessados em pilotar o novo fundo de investimentos no exterior exclusivo (FIEx) do Postalis é uma confirmação da recuperação de imagem da entidade. "Muitos destes gestores são pesos-pesados do mercado. Dois anos atrás, ninguém queria ser nem custodiante do Postalis", disse Oliveira em live feita nesta quarta-feira (07/04) pelo diretor de Investimentos da entidade, Pedro Pedrosa, para apresentar os resultados de 2020.
O novo FIEx faz parte da estratégia do Postalis de ampliar a fatia de investimentos no exterior do Plano BD dos 6% atuais para 10% este ano. Segundo Pedrosa, a política de investimentos também contempla um aumento significativo da exposição à renda variável no mercado doméstico, de 10% para 30%. De acordo com Pedrosa, isso será feito com a seleção de mais um gestor e a estruturação de uma mesa proprietária.

Resultados 2020 - Em 2020, a carteira consolidada de investimentos da Postalis obteve uma rentabilidade de 11,5%, acima da meta de 10,51% (INPC + taxa de juros), o que elevou os recursos garantidores para R$ 9,7 bilh√Ķes.
No desempenho por plano, o BD obteve ganhos de 16,47% enquanto o Postalprev, de contribuição variável, rendeu 6,58%.
Pedrosa apontou tr√™s fatores principais para o forte resultado do Plano BD. Al√©m da aprecia√ß√£o do d√≥lar, que turbinou os ganhos no exterior, e o retorno alto da carteira de t√≠tulos p√ļblicos marcados na curva, pesou o timing do aporte para montar o portf√≥lio de a√ß√Ķes, que representa 11% da carteira total.
Realizado depois da queda significativa do Ibovespa, em março de 2020, ele capturou toda a recuperação da Bolsa, ao contrário do Postalprev, que havia feito o mesmo movimento no final de 2019.