Mainnav

Postalis muda regras para empréstimos a participantes ativos

CorreiosO Postalis, que em meados de novembro do ano passado havia anunciado a suspens√£o de suas opera√ß√Ķes de empr√©stimos aos participantes ativos em raz√£o de inadimpl√™ncia dessa carteira ter alcan√ßado o patamar de 20%, implementou mudan√ßas nos contratos de empr√©stimos para esses funcion√°rios. A necessidade de mudan√ßa, prevendo principalmente o desconto das parcelas em folha, havia sido exigida pela Superintend√™ncia Nacional da Previd√™ncia Complementar (Previc) no ano passado.
Al√©m da previs√£o expressa do desconto das parcelas em folha, as mudan√ßas feitas pela funda√ß√£o nos contratos de empr√©stimos vinculados ao plano Postalprev contemplam tamb√©m a utiliza√ß√£o do esp√≥lio para fins de quita√ß√£o da d√≠vida nos casos em que os descontos previstos no Artigo 15 ¬ß 1¬ļ (pec√ļlio, pens√£o ou reserva) n√£o sejam suficientes, assim como a portabilidade para quita√ß√£o antecipada do saldo do empr√©stimo. As novas regras entraram em vigor em 13 de dezembro do ano passado.
A Previc havia proibido no final do ano passado a concessão de novos empréstimos aos funcionários ativos dos Correios, em função dos contratos não preverem o desconto das parcelas em folha. Os empréstimos a aposentados e assistidos, cujos contratos já previam esse desconto parcial em folha, seguiram normalmente.
Em julho do ano passado a carteira de empr√©stimos a participantes do Postalis somava cerca de R$ 639 milh√Ķes, representando cerca de 7,34% da carteira de investimentos consolidados.