PEC da Previdência quer fundos de pensão nos estados e municípios em dois anos

Uma das propostas da Reforma da Previdência estabelece um prazo de dois anos para que estados, municípios e o Distrito Federal instituam regimes de previdência complementar para os servidores públicos. Atualmente, cerca de 2 mil dos 5.570 municípios brasileiros têm Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). Os demais utilizam o regime geral de previdência social. Além do governo federal, com o Funpresp e Funpresp-Jud, apenas dez estados oferecem previdência complementar ao funcionalismo. Os demais aguardam autorização para implantação ou estão com propostas tramitando nas assembleias legislativas.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso