Mainnav

Resgates da previdência aberta superam contribuições no primeiro bimestre

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) divulgou nesta sexta-feira (09/04) o balanço do setor de seguros nos dois primeiros meses de 2021, cuja arrecadação de R$ 46,47 bilhões superou em quase R$ 1,8 bilhão (4%) os R$ 44,69 bilhões arrecadados no mesmo período de 2020.
O seguro de pessoas, composto por VGBL e demais carteiras de pessoas, arrecadou R$ 27,55 bilhões no primeiro bimestre de 2021, representando crescimento de 2,2% em relação ao mesmo período de 2020.
Apenas o VGBL teve contribuições de R$ 20,06 bilhões no bimestre, alta de 0,8% em relação a igual período de 2020. Já os resgates nessa modalidade totalizaram R$ 12,46 bilhões, crescimento de 16,8% em relação aos mesmos dois meses de 2020. As demais carteiras de pessoas arrecadaram R$ 7,49 bilhões, com um crescimento de 6,2% na comparação com mesmo período de 2020.
Já a área de previdência, que soma o PGBL com a previdência tradicional, arrecadou R$ 1,9 bilhão nos dois primeiros meses deste ano, com declínio de 8,7% em relação ao mesmo período de 2020. Os resgates foram de R$ 1,98 bilhão no mesmo período, com redução de 18,5% em relação a igual bimestre de 2020.
A carteira de seguros de danos arrecadou R$ 13,28 bilhões no período enquanto a de capitalização totalizou R$ 3,73 bilhões, representando crescimento de 11,6% e queda de 0,5%, respectivamente, em relação ao mesmo bimestre de 2020.

Segmentos 1ºbi/20 (R$ bi) 1ºbi/21 (R$ bi) variação (%)
Seguro de pessoas (VGBL + Demais) 26,95 27,55 2,2
Seguro de danos 11,9 13,28 11,6
Previdência (PGBL + Tradicional) 2,08 1,9 -8,7
Capitalização 3,75 3,73 -0,5
Total 44,69 46,47 3,98
       
Seguro de pessoas 1ºbi/20 (R$ bi) 1ºbi/21 (R$ bi) variação (%)
VGBL 19,9 20,06 0,8
Demais 7,05 7,49 6,2
Total 26,95 27,55 2,2