Mainnav

BC dá aval para Banco Inter adquirir 70% da gestora DLM Invista

O Banco Inter, controlado pela familia Menin, recebeu autorização do Banco Central (BC) para adquirir 70% do capital social da Matriz Participações, holding controladora da DLM Invista Gestão de Recursos. O anúncio da celebração do memorando de entendimentos entre as partes foi feito no dia 6 de novembro de 2019. Com sede em Belo Horizonte, a DLM tem cerca de R$ 4,5 bilhões em ativos sob gestão e atua nas áras de wealth management, fundos de investimento e previdência privada, reunindo aproximadamente 40 mil cotistas.

Nos termos do acordo, o Banco Inter irá desembolsar R$ 49 milhões para comprar a fatia de 70% da asset, sendo metade dessa quantia paga na data de fechamento da operação e a outra metade dividida em quatro parcelas anuais, sujeitas a ajustes para cima ou para baixo, de acordo com a performance financeira da DLM nos anos de 2020, 2021, 2022 e 2023. Os principais sócios da DLM manterão 30% de participação na sociedade bem como a independência em suas funções executivas. A equipe, os processos de decisão e a gestão do negócio permanecerão segregados.

“Como resultado desta aquisição, o Banco pretende explorar e desenvolver as sinergias existentes na Plataforma Aberta Inter (PAI), que conta com mais de 425 mil clientes ativos”, informa o fato relevante divulgado pela instituição financeira. “A DLM trará mais robustez aos segmentos de Wealth e Asset Management, que deverá converter-se em melhor atendimento aos clientes e maior oferta de produtos e serviços”, completa o documento.