Pesquisa da XP mostra queda na percepção dos congressistas sobre necessidade da reforma

A percepção de deputados e senadores sobre a necessidade de reforma da previdência registrou queda segundo sondagem da XP. Entre os senadores, a queda foi de 73% para 64%, enquanto entre os deputados o recuo foi de 79% para 77%. A XP ouviu 212 deputados e 22 senadores entre os dias 4 e 21 de fevereiro. Além disso, apenas 27% dos deputados disseram apoiar a idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, enquanto 17% defenderam 57M/62H e 19% foram contra qualquer idade.

O aumento da alíquota dos servidores foi rejeitada pela maioria dos parlamentares que se posicionaram, e somente 4% disseram que a reforma para os militares deve ocorrer num segundo momento. Sobre a regra de transição, 37% foram a favor da proposta com intervalo entre 10 e 15 anos. Em relação ao momento de aprovação da reforma, 58% dos deputados e 64% dos senadores ouvidos esperam que a primeira votação da reforma no plenário da Câmara aconteça até junho.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso