Corretora Easynvest passa a estruturar operações financeiras

A corretora independente Easynvest criou uma nova área de negócios denominada mercado de capitais, que ficará responsável pela estruturação de produtos financeiros para a plataforma. Até então apenas distribuidora de operações de outras instituições, a corretora passa a captar e a desenvolver novos investimentos focados em crédito para empresas de médio e pequeno porte.

Entre os produtos que devem entrar na gama da área, estão Certificado de Recebível Imobiliário (CRI), Certificado de Recebível do Agronegócio (CRA), Letra de Câmbio (LC), Fundo de Investimento Imobiliário (FII), Debêntures, entre outros. Como parceiros, a corretora contará com bancos, securitizadoras e empresas de médio e pequeno porte de nicho. O valor total de cada operação irá variar de R$ 20 a R$ 70 milhões, com um total de movimentação para o primeiro semestre estimado em R$ 150 a R$ 500 milhões.

“Observamos que os investidores tradicionais, que são pessoa física, demandavam por mais investimentos rentáveis e acessíveis. Como não encontrávamos no mercado, decidimos trazer essa missão para dentro de casa, aproveitando a procura por crédito das empresas”, afirmou o diretor comercial da Easynvest, Fabio Macedo, em comunicado. Segundo Macedo, a maioria das operações estruturadas no mercado são para investidores institucionais, com grande poder aquisitivo. Diferente desse nicho, a Easynvest focará seus produtos para o varejo, com ativos tipo CVM 476, para investidores qualificados, e CVM 400, para investidores tradicionais.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso