Mainnav

Investimento global em venture capital cai cerca de 10% no 2¬ļ tri

private equityEstudo realizado pela da KPMG aponta que o investimento global em venture capital caiu cerca de 10% no segundo trimestre deste ano comparado ao mesmo per√≠odo do ano anterior, com US$ 62,9 bilh√Ķes (4.502 neg√≥cios fechados) movimentados contra US$ 69,8 bilh√Ķes um ano atr√°s. No primeiro trimestre do ano o estudo j√° apontava uma estabiliza√ß√£o, com US$ 63,8 bilh√Ķes arrecadados para 5.624 neg√≥cios realizados.
Para o sócio-líder de Private Equity da KPMG na América do Sul, Ricardo Anhesini, "esse cenário atípico está levando os investidores de venture capital a reavaliarem se podem precisar investir mais nos próximos trimestres para ajudar as empresas do próprio portfólio ou se optam por investir capital em empresas que estão surgindo e crescendo durante esse cenário de pandemia", avalia.
Segundo o estudo, os investimentos em pa√≠ses das Am√©ricas lideraram o investimento, com US$ 35,6 bilh√Ķes no segundo trimestre (2.354 neg√≥cios). Somente os Estados Unidos representaram mais da metade do investimento obtido por esse segmento no mundo durante o segundo trimestre deste ano, com US$ 34,3 bilh√Ķes arrecadados em 2197 neg√≥cios. A √Āsia vem em seguida, com US$ 16,9 bilh√Ķes levantados em 1.011 opera√ß√Ķes, enquanto a Europa registrou US$ 10,1 bilh√Ķes resultantes de 1.062 transa√ß√Ķes.
De acordo o s√≥cio da KPMG, embora alguns pa√≠ses e territ√≥rios estejam reabrindo a economia, as dificuldades com viagens e neg√≥cios internacionais devem continuar por algum tempo, o que deve impactar os investimentos no setor. "Esse cen√°rio est√° fazendo com que muitos investidores de venture capital concentrem-se mais em oportunidades nos mercados locais, o que poder√° ter um impacto relevante nas empresas em est√°gio de crescimento e em jurisdi√ß√Ķes menos maduras, muitas vezes dependentes do investimento internacional", explica Anhesini.
De acordo com o estudo, os cinco maiores neg√≥cios neste trimestre ocorreram nos Estados Unidos e na China. A Waymo, empresa de condu√ß√£o aut√īnoma dos Estados Unidos, levantou US$ 3 bilh√Ķes em uma rodada de financiamento no maior neg√≥cio do trimestre, enquanto a MGI Tech e a Didi Bike, ambas da China, receberam US$ 1 bilh√£o cada.