Mainnav

Dólar cai para R$ 5,25 e Ibovespa passa dos 101 mil pontos

grafico 7A decisão do Banco Central norte-americano de elevar os juros dentro do previsto trouxe alívio ao mercado financeiro global. O dólar caiu para R$ 5,251 e fechou na menor cotação em quase um mês. A bolsa de valores atingiu os 101.438 pontos, no maior nível em 40 dias.
O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (27/7) com recuo de -1,83%, vendido a R$ 5,251. A cotação abriu perto da estabilidade, mas passou a cair após a abertura dos mercados norte-americanos e despencou a partir das 15h, após o Federal Reserve (Fed, Banco Central dos Estados Unidos) anunciar o aumento dos juros básicos nos Estados Unidos em 0,75 ponto percentual.
No mercado de a√ß√Ķes o dia tamb√©m foi marcado pela euforia. O Ibovespa, principal √≠ndice da B3, fechou em alta de 1,67%, aos 101.438 pontos, no maior n√≠vel desde 15 de junho. Al√©m da alta das bolsas norte-americanas, o indicador foi influenciado pela divulga√ß√£o de balan√ßos de empresas brasileiras, que apontam manuten√ß√£o de lucros ou lucros maiores que o previsto.
Após semanas de expectativa, o Fed elevou os juros básicos nos Estados Unidos em 0,75 ponto percentual, para uma faixa entre 2,25% e 2,5% ao ano. Apesar da alta significativa, o mercado financeiro global recebeu a notícia com alívio, porque parte dos investidores tinha receio de que o Fed elevasse os juros em 1 ponto percentual para segurar a inflação norte-americana, que está no maior nível em 41 anos.