Mainnav

Economistas da Anbima projetam Selic em 13,75% e fim do ciclo de alta

O Grupo Consultivo Macroecon√īmico Associa√ß√£o Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) projeta mais uma alta da taxa Selic, dos atuais 13,25% para 13,75%, a ser anunciada na reuni√£o do Comit√™ de Pol√≠tica Monet√°ria (Copom) que se encerra nesta quarta-feira (3/8). Segundo os economistas que fazem parte do colegiado, o movimento deve encerrar o ciclo de alta dos juros deste ano, com a Selic mantendo esse patamar at√© o fim de 2022.
Para 2023, a mediana da proje√ß√£o da Selic foi revisada de 9,75% para 10,50%. A mudan√ßa reflete a an√°lise de que as incertezas do cen√°rio de curto e m√©dio prazos exigir√£o uma taxa m√©dia de juros mais alta por mais tempo. As estimativas dos economistas para a infla√ß√£o, entretanto, foram revistas para baixo, com o IPCA (√ćndices de Pre√ßos ao Consumidor Amplo) de 2022 caindo de 9,1% no √ļltimo relat√≥rio do grupo para 7,2% neste. Para 2023, a revis√£o do IPCA foi para cima, de 4,3% a 5,4%.
Em rela√ß√£o √† atividade econ√īmica, a proje√ß√£o para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2022 subiu de 1,5% para 2%. J√° para 2023, √© esperada perda de tra√ß√£o da atividade, diante dos efeitos da pol√≠tica monet√°ria restritiva na atividade dom√©stica e do contexto de desacelera√ß√£o da economia mundial, com a proje√ß√£o do PIB descendo de 0,49% para 0,30%.
Para o c√Ęmbio, √© esperada pelos economistas uma desvaloriza√ß√£o adicional do real frente ao d√≥lar, por conta do aumento dos juros no mercado internacional e da redu√ß√£o dos pre√ßos das commodities. A proje√ß√£o para o encerramento de 2022 foi revisada de R$ 5,00 para RÔľĄ 5,20.
O Grupo Consultivo Macroecon√īmico √© composto por 24 economistas de institui√ß√Ķes associadas √† Anbima. Eles se re√ļnem a cada 45 dias, em m√©dia, sempre na semana que antecede a reuni√£o do Copom, para analisar a conjuntura econ√īmica e tra√ßar cen√°rios para os mercados brasileiro e internacional.