IMA-B 5 é destaque de rentabilidade dos títulos públicos em março

O IMA-B 5, índice que reproduz as carteiras das NTN-Bs até cinco anos, teve rentabilidade de 0,78%, em março, o melhor resultado mensal dentre os principais subíndices da categoria, de acordo com boletim da Anbima. Apesar da volatilidade no início deste ano ter sido superior à registrada na greve dos caminhoneiros, o IMA (Índice de Mercado ANBIMA) conseguiu terminar o mês com retorno de 0,56%.
O IRF-M1+, que reflete os títulos prefixados acima de um ano, encerrou março com variação 0,63%, enquanto o IMA-B5+, formado por NTN-Bs com mais de cinco anos de prazo, rendeu 0,43% em março. Os títulos prefixados de até um ano, representados pelo IRF-M1, encerraram o mês com variação de 0,47%.
Em relação à performance dos títulos corporativos, o IDA-IPCA ex-Infraestrutura, apresentou retorno de 0,99%, o maior no mês, acumulando 3,43 % no trimestre. O IDA-IPCA Infraestrutura registrou variação de 0,93%, com rentabilidade no ano de 3,63%, o maior retorno entre os sub-indices do IDA. Por fim, o IDA-Geral encerrou o mês com ganho de 0,69% e acumula 2,50% nos três primeiros meses do ano.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso