Tesouro: rentabilidade do IMA Geral recua 0,44 pp em março

Em março, a rentabilidade do IMA Geral apresentou redução de 0,44 ponto percentual, segundo relatório do Tesouro Nacional, divulgado hoje. Os títulos prefixados, representados pelo IRF-M, reduziram 0,80 ponto percentual, enquanto os papéis atrelados ao IGP-M, representados pelo IMA-C, apresentaram recuo de 0,12 ponto percentual. Com relação aos títulos vinculados ao IPCA, representados pelo IMA-B, houve redução de 0,40 ponto percentual. Por fim, o índice IMA-S, referente aos títulos vinculados à Selic, apresentou recuo de 0,07 ponto percentual.

De acordo com o relatório do Tesouro, o custo médio das emissões em oferta pública da Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) foi reduzido em 0,13 ponto percentual, passando de 7,40% a.a., em fevereiro, para 7,27% a.a., em março. O custo médio de emissão em oferta pública da DPMFi é um indicador que reflete a taxa interna de retorno – TIR dos títulos do Tesouro Nacional no mercado doméstico, mais as variações de seus indexadores, considerando-se apenas as colocações de títulos em oferta pública (leilões) nos últimos 12 meses.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso