Mainnav

Games atraem millennials Fundos de pens√£o europeus incluem jogos eletr√īnicos nas estrat√©gias de conquista de participantes para seus planos de benef√≠cios

Bolt to The Finish: game propiciou alta volunt√°ria de 44% nas contribui√ß√Ķes aos planos oferecidos pela holding Kingfisher
Bolt to The Finish: game propiciou alta volunt√°ria de 44% nas contribui√ß√Ķes aos planos oferecidos pela holding Kingfisher

Preocupados com a queda da ades√£o dos novos funcion√°rios das empresas aos planos previdenci√°rios, os fundos de pens√£o come√ßam a recorrer a jogos eletr√īnicos com o objetivo de atrair novos participantes e intensificar o relacionamento com os atuais. O foco principal dessa iniciativa de car√°ter l√ļdico, cujo epicentro se encontra na Europa, s√£o os chamados millennials, ou seja, a gera√ß√£o nascida a partir de 1980 e que, com grande peso na for√ßa de trabalho global, se mostra reticente em rela√ß√£o √† necessidade de forma√ß√£o de poupan√ßa previdenci√°ri

Blockchain entra nos bancos Citi, Ita√ļ, Santander e grupo de trabalho da Febraban se dedicam √† entender a nova tecnologia para implement√°‚Äďla em suas opera√ß√Ķes¬†

Rocio Velarde, do Citi
Rocio Velarde, do Citi

Edição 300

 

Embora investimentos em criptomoedas n√£o estejam encontrando eco nas grandes institui√ß√Ķes financeiras, ao menos aparentemente, a utiliza√ß√£o do conceito do blockchain est√° fazendo esses agentes do mercado se movimentarem para entender como funciona a nova tecnologia e como ela poderia ser inserida dentro de suas opera√ß√Ķes.
Entre os grandes bancos que têm investido em conhecimento e desenvolvimento do blockchain está o Citi, que conta com três laboratórios de inovação, em Dublin, Tel Aviv

Dados na nuvem √© desafio Efici√™ncia, mobilidade e comunica√ß√£o com os participantes s√£o vantagens de disponibilizar informa√ß√Ķes na nuvem, mas decis√£o ainda √© complexa

Luiz Paulo Brasizza, da Abrapp
Luiz Paulo Brasizza, da Abrapp

Edição 284

 

Em um mundo onde as pessoas consultam e decidem sobre seus recursos com toques no celular ‚Äď e onde a mobilidade se incorpora √† rotina de diversas formas, gra√ßas √† conex√£o e aos avan√ßos da tecnologia da informa√ß√£o - ser√° dif√≠cil para entidades de previd√™ncia complementar fechadas e gestoras de investimentos permanecerem inc√≥lumes a essas mudan√ßas. A decis√£o que est√° na mesa hoje √© sobre quais informa√ß√Ķes operar em cloud computing, ou nuvem, que √© o armazenamento de dados que podem ser acessad

R$ 4,2 bilh√Ķes em 2004

Edição 160

O setor financeiro é o que mais consome recursos de TI e coloca os fornecedores de equipamentos softwares e serviços num círculo virtuoso de crescimento

Segundo dados da Febraban, os bancos investiram mais de R$ 4,2 bilh√Ķes em tecnologia da informa√ß√£o no ano passado. Este valor se estabilizou entre 2003 e 2004, mas houve um crescimento real, pois o real foi valorizado em 15% e uma boa parte destes investimentos √© dolarizada. Ou seja, o crescimento aumenta a cada ano.
De olho neste fil√£o, aumen

Caminho sem volta

Edição 160

Desde que a tecnologia da informação chegou no mercado financeiro, ele nunca mais foi o mesmo. O setor é o que mais investe em serviços, hardware e software

Se a necessidade de rapidez veio com a tecnologia ou a tecnologia √© que provocou velocidade nas transa√ß√Ķes, n√£o faz diferen√ßa ‚Äď o fato √© que o desenvolvimento da tecnologia nos √ļltimos anos transformou o conceito de administra√ß√£o de recursos. O mundo dos investimentos passou a contar com transa√ß√Ķes feitas em tempo real, sem barreiras de dist√Ęnc

Terceirizando o suporte na √°rea de inform√°tica Solu√ß√£o est√° sendo vista como uma alternativa para redu√ß√£o de custos nas funda√ß√Ķes Telos, Refer e Rio Previd√™ncia

Edição 117

A terceirização de suporte técnico na área de informática é uma alternativa cada vez mais aceita entre os fundos de pensão. Entidades como Refer (Rede Ferroviária), Telos (Embratel) e Rio Previdência, (Estado do Rio de Janeiro), estão entre as que estão adotando essa saída.
Para a gerente de informática da Telos, Ana Paula Fattori Nunes, um dos principais benefícios da terceirização dessa área é permitir à equipe dirigente do fundo dedicar-se inteiramente ao seu core business, que é o planejamento das

Conversa mais produtiva na Funda√ß√£o Eletroceee Call Center otimiza atendimento e reduz em at√© 40% o tempo das consultas telef√īnicas dos participantes na entidade ga√ļcha

Edição 111

Mais agilidade e presteza. Esses s√£o os resultados que j√° podem ser conferidos no atendimento aos participantes do fundo de pens√£o dos funcion√°rios da Eletroceee, do Rio Grande do Sul. Inaugurado em 20 de novembro passado, o sistema de call center, que funciona com o software Unixware 7.1.2 e o banco de dados da Oracle, atende seus quase 12 mil participantes entre ativos e inativos nas suas d√ļvidas, avalia√ß√£o de concess√£o de empr√©stimos e at√© seguros de vida. A central telef√īnica substitui, com vantagens p

Modelo exige investimentos em sistemas Fundos de pens√£o ter√£o que atualizar seus sistemas de inform√°tica para rodarem dentro das especif√≠ca√ß√Ķes da nova Resolu√ß√£o n¬ļ 2.720

Edição 82

Ap√≥s modernizarem seus sistemas e equipamentos de inform√°tica para enfrentar o bug do mil√™nio na √ļltima virada de ano, agora os fundos de pens√£o est√£o tendo que superar um novo desafio tecnol√≥gico: a necessidade de adequar seus sistemas de informa√ß√Ķes √†s exig√™ncias da Resolu√ß√£o n¬į 2.720/CMN. Essa resolu√ß√£o, que determina as normas de investimentos das entidades fechadas, est√° obrigando as funda√ß√Ķes a substituir ou fazer uma adapta√ß√£o radical nos seus sistemas de administra√ß√£o dos ativos.
Quem ainda man

Regius começou a mudar há dois anos Decisão de modernizar o sistema foi fruto de uma avaliação sobre a portabilidade das reservas, que viria mais cedo ou mais tarde

Edição 82

Enquanto a maioria dos fundos se esfor√ßa para acompanhar a primeira fase de adapta√ß√£o √† Resolu√ß√£o n¬į 2.720/CMN, uma funda√ß√£o de m√©dio porte de Bras√≠lia tem servido como modelo para as demais. A Regius, funda√ß√£o do Banco de Bras√≠lia, j√° est√° praticamente adaptada √†s novas regras dos investimentos e agora prepara-se para o novo desafio de integrar a gest√£o dos ativos com as suas necessidades do passivo. Em fun√ß√£o desse adiantamento, cerca de 30 fundos de pens√£o j√° visitaram a Regius nos √ļltimos 18 meses, para

Corretoras lan√ßam site para deb√™ntures O novo site, chamado de e-BOND$, concentra informa√ß√Ķes sobre emiss√Ķes de t√≠tulos

Edição 82

A partir deste m√™s, investidores institucionais e empresas de gest√£o de recursos interessados em negociar deb√™ntures via Internet poder√£o acessar o e-BOND$, site criado por cinco agentes fiduci√°rios do pa√≠s, que det√™m 75% desse mercado. O site, cujo acesso √© gratuito, tem como objetivo prestar um servi√ßo a esses investidores ao mesmo tempo em que impulsiona a liquidez desses pap√©is. ‚ÄúA queda das taxas de juros criou as condi√ß√Ķes para movimentar os t√≠tulos privados de prazos mais longos‚ÄĚ, opina S√©rgio Ribeir