Mainnav

Poderemos chegar a R$ 1 bilhão em 18 meses

Edição 59

João Luiz Máscolo, do Grupo Nikko 

O grupo japonês Nikko Securities, cujo maior acionista é hoje o grupo norte-americano Citigroup Salomon Smith Barney –com 15% do capital, chegou ao Brasil no ano passado para uma aliança estratégica com o Banco Marka na área de asset management. Com os problemas do Marka, a aliança Marka Nikko foi desfeita e o grupo japonês se prepara para operar sozinho no País. O processo de constituição da nova empresa está em tramitação, e deve cham

Chamam de intervencionismo o que é regulação

Edição 57

Paulo Kliass, da SPC

O titular da Secretaria de Previdência Complementar (SPC), Paulo Kliass, faz nesta entrevista à Investidor Institucional um apanhado das principais questões envolvendo os projetos de lei complementar sobre a reforma da previdência e o novo modelo de gestão de investimentos, que segundo ele deve ser votado numa das próximas reuniões do Conselho Monetário Nacional. Veja, a seguir, os principais pontos da entrevista de Kliass.

In

A ética supera qualquer “chinese wall”

Edição 56

Um novo código de auto-regulação está sendo elaborado pela Anbid com objetivo de eliminar os pontos cinzentos da legislação

A indústria de fundos tem voltado a crescer, após as crises do final do ano passado (crise da Rússia) e início deste ano (crise cambial do Brasil). O volume de recursos dessa indústria somava R$ 165 bilhões no início de maio, e segundo o presidente da Associação Brasileira dos Bancos de Investimento (Anbid), Pedro Henrique Mariani, ainda deve cresce

SSB Citi deve lançar família de índices em maio

Edição 53

A nova empresa de asset vai deixar o tradicional prédio de vidros azuis do Citibank, na avenida Paulista

O Citicorp é um dos maiores administradores de recursos de terceiros do planeta, exatamente o 10º no mundo, uma posição confortável mas que deve crescer com a criação da estrutura do SSB Citi Asset Management, que incorpora as experiências do Salomon Smith Barney e do Citibank. No Brasil, a SSB Citi nasce como a 7ª do ranking dos administradores de ativos e promete sa

“Nenhuma reviravolta está sendo cogitada”

Edição 25

A Secretaria de Previdência Complementar está no rumo certo

“A Secretaria de Previdência Complementar (SPC) está no rumo certo, as diretrizes estão bem traçadas, a equipe está desempenhando um ótimo trabalho e nenhuma reviravolta está sendo cogitada”, afirmou a titular da SPC, Mônica Messemberg, que assumiu o cargo interinamente em substituição à Carla Grasso, que foi para a Cia Vale do Rio Doce. “Não há motivo par se pensar em mudanças, vamos dar continuidade aos projet

A hora e a vez das estatais paulistas

Edição 14

O Estado de São Paulo está licitando concessões para operação de 4 mil quilômetros de rodovias paulistas e de uma linha de metrô na capital

Concluída a venda da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), após o mar de liminares concedidas por tribunais dos quatro cantos do país, os grandes investidores olham para os lados à procura de novos negócios e vêm o que? Vêm em primeiro lugar as privatizações das três energéticas paulistas, a Cesp, a Eletropaulo e a CPFL, avaliadas junta