Mainnav

BNY Mellon separa áreas de administração e custódia

O BNY Mellon, maior player independente no mercado de cust√≥dia brasileiro, com R$ 318 bilh√Ķes sob cust√≥dia at√© abril, acaba de inaugurar a primeira etapa do projeto que ir√° ‚Äúdesplugar‚ÄĚ os servi√ßos de administra√ß√£o daqueles de cust√≥dia. At√© a primeira quinzena de junho, a institui√ß√£o s√≥ oferecia cust√≥dia para os fundos que ela pr√≥pria administrava, mas desde o √ļltimo dia 21 esse servi√ßo passou a ser oferecido por meio de outro administrador, a XP. ‚ÄúO projeto come√ßou com dois fundos da XP, em volume pequeno ainda, mas ir√° crescer gradualmente

Peterson Paz √© o novo head de opera√ß√Ķes do BNY Mellon Brasil

Peterson Paz, head de opera√ß√Ķes do BNY Mellon no Brasil
Peterson Paz, head de opera√ß√Ķes do BNY Mellon no Brasil

O BNY Mellon anunciou nesta segunda-feira a nomea√ß√£o de Peterson Paz como novo head de opera√ß√Ķes da institui√ß√£o no Brasil, em substitui√ß√£o a Carlos Saraiva que ocupava a fun√ß√£o at√© agora. Apesar da nomea√ß√£o de Paz, Saraiva continuar√° na empresa at√© o final do ano fazendo junto com o novo head um processo de transi√ß√£o para evitar qualquer risco √† opera√ß√£o. ‚ÄúEssa √© a √°rea mais sens√≠vel desse neg√≥cio, a transi√ß√£o est√° sendo feita de uma forma muito cuidadosa‚ÄĚ, diz Paz.
Dos 500 profissionais que o BNY Mellon emprega hoje no Brasil, cerca de

Apex Group compra BRL Trust, sua segunda aquisição no Brasil

Peter Hughes, CEO do Apex Group
Peter Hughes, CEO do Apex Group

A Apex Group, empresa com sede nas Bermudas, anunciou nesta quinta-feira (03/06) a aquisição da BRL Trust, o seu segundo negócio na área de serviços fiduciários no Brasil. No final de outubro do ano passado o grupo bermudense já havia adquirido a área de administração e custódia de fundos alternativos do banco Modal.
Segundo a Apex, a nova aquisi√ß√£o acrescenta R$ 209 bilh√Ķes em ativos administrados e R$ 166,7 bilh√Ķes em ativos sob cust√≥dia, em 570 fundos de investimento de uma ampla gama de clientes, que vai de institucionais globais e

Inova√ß√£o para crescer Investimentos em tecnologia t√™m sido fundamental para atender √†s novas demandas do mercado, cada vez mais voltado √†s aloca√ß√Ķes em risco

Paulino: quest√Ķes tribut√°rias que s√£o cruciais para os estrangeiros
Paulino: quest√Ķes tribut√°rias que s√£o cruciais para os estrangeiros

Edição 337

A disputa pelas principais posi√ß√Ķes no mercado de cust√≥dia n√£o trouxe altera√ß√Ķes significativas no p√≥dio no per√≠odo de abril de 2020 a abril deste ano, mas a pandemia e a captura de novas posi√ß√Ķes refletem transforma√ß√Ķes ditadas pelas exig√™ncias do ambiente digital e das movimenta√ß√Ķes de ativos feitas pelos investidores globais e dom√©sticos. Passou a ser vital contar com mais inova√ß√£o, agilidade e expertise para dar conta do fluxo e das demandas espec√≠ficas dos clientes sem perder a chance de aumentar a re

Funda√ß√Ķes querem customiza√ß√£o Fundos de pens√£o reclamam de falta de conhecimentos espec√≠ficos por parte de prestadores de servi√ßos sobre a legisla√ß√£o do setor

‚ÄúSentimos falta de relat√≥rios customizados de acordo com as necessidades espec√≠ficas das funda√ß√Ķes‚ÄĚ, diz Fl√°via Nazar√©, da Prevcom
‚ÄúSentimos falta de relat√≥rios customizados de acordo com as necessidades espec√≠ficas das funda√ß√Ķes‚ÄĚ, diz Fl√°via Nazar√©, da Prevcom

Edição 337

Considerados essenciais para aumentar a transpar√™ncia e a seguran√ßa das opera√ß√Ķes que envolvem os ativos dos fundos de pens√£o, os servi√ßos de cust√≥dia, embutidos ou n√£o nos pacotes de administra√ß√£o fiduci√°ria e controladoria, passam por escrut√≠nios cada vez mais rigorosos entre esses investidores. Na Vivest, a cust√≥dia, que j√° foi do Citi, est√° atualmente centralizada no Bradesco e tem sua avalia√ß√£o feita periodicamente por meio de um m√©todo que atribui notas √† qualidade dos servi√ßos prestados. ‚ÄúAl√©m da re

Novos prestadores buscam espaço BNY Mellon lidera o ranking dos independentes, mas novos prestadores começam a surgir e podem ameaçar o domínio de décadas

Para José Alexandre de Freitas, da Oliveira Trust, mudanças radicais no mercado de recebíveis tem obrigado empresas de custódia a investir em tecnologia
Para José Alexandre de Freitas, da Oliveira Trust, mudanças radicais no mercado de recebíveis tem obrigado empresas de custódia a investir em tecnologia

Edição 337

Na lideran√ßa dos custodiantes independentes no Brasil, o BNY Mellon usou a tecnologia para garantir a capacidade de adapta√ß√£o, manter o fluxo de informa√ß√Ķes e suportar um crescimento significativo a despeito da pandemia e do trabalho remoto. ‚ÄúFelizmente temos a tecnologia ao nosso favor e tivemos grandes ganhos sem precisar aumentar o time, com alta de 32% no volume de ativos sob cust√≥dia no per√≠odo de maio de 2020 a maio de 2021‚ÄĚ, diz o head de opera√ß√Ķes do banco no Brasil, Peterson Paz. Os ativos sob cus

O avanço da globalização Com a maior exposição das carteiras de investimentos à ativos globais aumenta a demanda por custódia de players internacionais

Edição 337

A amplia√ß√£o dos investimentos em renda vari√°vel global, por conta da queda da taxa de juros, t√™m contribu√≠do para elevar os volumes da cust√≥dia internacional. ‚ÄúHouve um crescimento de 84,5% no nosso volume de cust√≥dia para investimentos no exterior, uma parte sendo feita por clientes n√£o residentes que sa√≠ram do mercado de t√≠tulos p√ļblicos e voltam agora‚ÄĚ, diz o superintendente executivo de opera√ß√Ķes internacionais do Bradesco, Francisco Borges Neto.
Os programas de ADRs ( American Depositary Receipts

Soares é contratado como CEO da Modal Administração Fiduciária

Ricardo Lima Soares, CEO da Modal Administração Fiduciária
Ricardo Lima Soares, CEO da Modal Administração Fiduciária

A Modal Administra√ß√£o Fiduci√°ria (MAF), cuja aquisi√ß√£o pelo Apex Group foi anunciada em novembro do ano passado, contratou Ricardo Lima Soares como seu novo CEO. O executivo tem uma longa trajet√≥ria nesse segmento, tendo atuado como diretor do Securities Service do Ita√ļ por 11 anos, at√© 2016, e anteriormente na √°rea de opera√ß√Ķes e TI do JP Morgan Chase por 28 anos.
"A uni√£o da MAF ao Apex Group traz para o mercado local os benef√≠cios de um provedor independente global, com fundos, empresas e solu√ß√Ķes banc√°rias para atender √†s necessidad

A Prevcom-MG recontrata serviços de custódia da Caixa

A Prevcom-MG, fundo de pensão dos servidores do Estado de Minas Gerais, recontratou os serviços de custódia e controladoria da Caixa. Segundo o presidente da entidade, Armando Quintão Bello, é o segundo mandato da Caixa na área e os serviços foram contratados através de licitação na modalidade concorrência pelo menor preço.

Magliano troca o varejo pelo atacado Corretora dá adeus às pessoas físicas e aposta em administração, controladoria e custódia de fundos

Magliano Neto: começamos área de administração de fundos há 12 anos
Magliano Neto: começamos área de administração de fundos há 12 anos

A Corretora Magliano, um dos nomes mais tradicionais dos preg√Ķes brasileiros, acaba de dar um passo ousado em sua estrat√©gia de tentar garantir seu espa√ßo em um mercado dominado, cada vez mais, por grandes grupos. No final de julho, a Magliano deu adeus aos seus 2 mil clientes pessoas f√≠sicas, detentores de R$ 2 bilh√Ķes em ativos, que passam a ser atendidos a partir de setembro pela Guide Investimentos, e concentra suas atividade na √°rea administra√ß√£o, controladoria e cust√≥dia de fundos, frente de neg√≥cios na qual vem obtendo bom desempenho.