Mainnav

Caixa Asset quer recuperar posição de liderança no setor de RPPS

Pablo Costa Sarmento, presidente da Caixa Asset
Pablo Costa Sarmento, presidente da Caixa Asset

A Caixa Asset mant√©m este ano seu posicionamento agressivo para tentar recuperar a lideran√ßa na gest√£o de recursos dos RPPS ‚Äď Regimes Pr√≥prios de Previd√™ncia Social -, informa Pablo Costa Sarmento, diretor presidente da gestora. ‚ÄúA meta √© bem objetiva, porque estamos resgatando nosso market share junto a esse segmento de investidores institucionais, que √© muito importante para a casa. Hoje temos 34% desse mercado, mas a inten√ß√£o √© atingir, entre os meses de janeiro e dezembro de 2024, uma fatia de 40% a 45% dos recursos totais dos RPPS, isso

CNM convoca manifestação em Brasília contra aprovação do PL 1.027

A Confedera√ß√£o Nacional de Munic√≠pios (CNM) est√° convocando prefeitos de todo Brasil √† comparecerem √† Bras√≠lia no pr√≥ximo dia 16 de abril, quando deve ser debatida no plen√°rio do Congresso o Projeto de Lei 1.027, dos deputados petistas Jos√© Guimar√£es e Odair Cunha, que recomp√Ķe a al√≠quota previdenci√°ria dos munic√≠pios. A al√≠quota foi reduzida de 20% para 8% em dezembro do ano passado, com a aprova√ß√£o da Lei 14.784.
Como essa lei beneficia apenas os municípios que fazem parte do Regime Geral de Previdência Social (RGPS), as duas entidade

Abipem apoia Projeto de Lei 1.027

A Associa√ß√£o Brasileira das Institui√ß√Ķes de Previd√™ncia Estaduais e Municipais (Abipem) protocolou na C√Ęmara dos Deputados uma mo√ß√£o de apoio ao Projeto de Lei 1.027, dos deputados petistas Jos√© Guimar√£es e Odair Cunha, que reduz a al√≠quota previdenci√°ria para munic√≠pios com at√© 50 mil habitantes a 14% neste ano, com um incremento de 2% ao ano a partir do ano que vem de forma a atingir 20% em 2027. O PL beneficia apenas os munic√≠pios que n√£o est√£o no Regime Pr√≥prio da Previd√™ncia Social (RPPS).
Para o presidente da Abipem, Jo√£o Carlos F

Governo buscará novo modelo para desonerar folha de municípios

Senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado
Senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, reuniu-se nesta segunda-feira (8/4) com os ministros da Fazenda, Fernando Haddad, e das Rela√ß√Ķes Institucionais, Alexandre Padilha, al√©m dos l√≠deres do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), e no Senado, Jaques Wagner (PT-BA). Segundo Pacheco, a equipe econ√īmica do governo comprometeu-se a buscar um novo modelo para desonerar a folha de pagamentos dos munic√≠pios, mas at√© l√° continua valendo a Lei 14.784, que reduziu a al√≠quota previdenci√°ria dos munic√≠pios de at√© 156,2 mil habitant

Nova diretora financeira toma posse na Amprev

Alana Lima Sousa √© a nova diretora financeira e atuarial da Amap√° Previd√™ncia (Amprev), tendo tomado posse no cargo nesta segunda-feira (8/4). Ela foi nomeada pelo governador Cl√©cio Luis (Solidariedade), mas j√° pertence aos quadros do RPPS do estado do Amap√° h√° 11 meses, trabalhando no setor de controle interno. Na cerim√īnia de posse, o presidente da Amprev, Jocildo Lemos, enfatizou que a escolha da nova diretora obedeceu a crit√©rios t√©cnicos.

Alíquota de 8% à municípios provocará nova Reforma Previdenciária

Jo√£o Carlos Figueiredo, presidente da Abipem
Jo√£o Carlos Figueiredo, presidente da Abipem

A decis√£o do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, de revogar na √ļltima segunda-feira (1/4) a parte da Medida Provis√≥ria 1.208 que vetou a Lei 14.784 no final do ano passado, foi comemorada pela Confedera√ß√£o Nacional de Munic√≠pios (CNM). A entidade fazia intenso lobby contra a MP e pela volta dessa lei, que havia reduzido a al√≠quota previdenci√°ria dos munic√≠pios de at√© 156,2 mil habitantes de 20% para 8%, principalmente porque a medida provis√≥ria determinava que a al√≠quota do INSS retornaria ao percentual de 20% a partir de maio pr√≥ximo.

ManausPrev ajustar√° sua carteira RPPS da capital do Amazonas quer reduzir aloca√ß√Ķes no exterior para aumentar investimentos em cr√©dito privado e fundos de duration

‚ÄúAo encerrar-se o mandato do atual presidente do BC, no final deste ano, Lula vai nomear algu√©m mais condizente com sua vis√£o de redu√ß√£o dos juros‚ÄĚ, diz Fl√°vio Rodrigues de Castro, da ManausPrev
‚ÄúAo encerrar-se o mandato do atual presidente do BC, no final deste ano, Lula vai nomear algu√©m mais condizente com sua vis√£o de redu√ß√£o dos juros‚ÄĚ, diz Fl√°vio Rodrigues de Castro, da ManausPrev

Edição 365

Com uma carteira de investimentos de R$ 1,69 bilh√£o em mar√ßo, o Regime Pr√≥prio de Previd√™ncia Complementar (RPPS) de Manaus, o ManausPrev, est√° finalizando estudos para redefinir a posi√ß√£o de alguns ativos no seu portf√≥lio. Segundo o presidente do comit√™ de investimentos da entidade, Fl√°vio Rodrigues de Castro, um dos ativos que deve sofrer altera√ß√£o significativa √© investimentos no exterior, cuja rentabilidade no ano passado elevou sua participa√ß√£o no portf√≥lio a ponto do instituto aproximar-se de um

Portaria nomeia novos membros do CNRPPS para o biênio 2024/2025

Portaria da Secretaria de Regime Pr√≥prio e Complementar do Minist√©rio da Previd√™ncia Social (SRPC-MPS) publicada no √ļltimo dia 22 de mar√ßo designa os novos membros do Conselho Nacional dos Regimes Pr√≥prios de Previd√™ncia Social (CNRPPS) para o bi√™nio 2024/2025. Foram relacionados 30 nomes para compor o CNPPPS. S√£o eles:
Paulo Roberto dos Santos Pinto e Tito Calvo Jachelli indicados pela Secretaria de Regime Próprio e Complementar (SRPC), como titular e suplente, respectivamente; Allex Albert Rodrigues e Cláudia Fernanda Item indicados p

CNM quer municípios mobilizados por INSS escalonado de 8% a 14%

A Confedera√ß√£o Nacional de Munic√≠pios (CNM) reagiu na √ļltima quinta-feira (28/3) ao Projeto de Lei 1027, que fixa em 14% a al√≠quota previdenci√°ria dos munic√≠pios com menos de 50 mil habitantes j√° em 2024, com um escalonamento de mais 2% a cada ano at√© atingir 20% em 2027. A CNM quer a volta da Lei 14.784, de dezembro de 2023, que estabelecia a al√≠quota de 8% para os munic√≠pios, mas com algumas modifica√ß√Ķes, come√ßando com essa al√≠quota de 8% em 2024 e seguindo um escalonamento de 2% a cada ano para atingir 14% em 2027. Al√©m disso, a entidade

Zico, Gallego e Abramovay deixam a Somma e passam a atuar na Mag

Fernando Gabriades, sócio-diretor da Mag Investimentos
Fernando Gabriades, sócio-diretor da Mag Investimentos

A Mag Investimentos, gestora de recursos do grupo Mongeral Aegon, quer elevar a participa√ß√£o dos regimes pr√≥prios de previd√™ncia social (RPPS) no seu asset under management. Atualmente, apenas R$ 300 milh√Ķes dos quase de R$ 13 bilh√Ķes que comp√Ķem o seu AUM s√£o provenientes desse segmento. ‚ÄúQueremos chegar a R$ 1 bilh√£o em recursos de RPPS at√© o final deste ano‚ÄĚ, projeta o s√≥cio-diretor da gestora, Fernando Gabriades.
Para ajudar nesse salto a casa contratou, de uma só vez, um trio peso-pesado desse segmento, formado por Rogerio Zico, Ma