Mainnav

Apenas 15 institutos alcançaram a nota máxima no ISP deste ano

O Ministério do Trabalho e Previdência divulgou o resultado prévio do Indicador de Situação Previdenciária (ISP-RPPS) relativo ao ano de 2021. Esse indicador é atribuído aos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) de estados e municípios a partir da análise de vários critérios, tais como gestão e transparência, situação financeira e situação atuarial.
Entre 2.152 RPPS analisados pelo ministério, apenas 15 obtiveram a classificação máxima no ISP, recebendo a nota “A”. Outros 513 obtiveram a classificação “B”, 653 a “C” e o restante

Abipem divulga classificação de RPPS em duas premiações

A Associação Brasileira de Instituições de Previdência Estaduais e Municipais (Abipem) divulgou a classificação dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) avaliados para os prêmios “Destaque de Responsabilidade Previdenciária” e “Destaque de Investimentos”, ambos da própria entidade. A classificação, ainda preliminar e aberta à recursos dos participantes, divide os RPPS em categorias de acordo com o seu porte.
Na lista do Prêmio Destaque de Responsabilidade Previdenciária, o 1º lugar na categoria Estados foi para a Amazonprev; o

Reciprev vai investir mais R$ 400 mil em sistema próprio de gestão

O Reciprev, o regime próprio de previdência social (RPPS) dos servidores de Recife, se prepara para investir mais R$ 400 mil no aperfeiçoamento do seu sistema próprio de gestão de investimentos, que entrou em operação em fevereiro e demandou, até o momento, aportes de R$ 450 mil. A injeção adicional de recursos servirá para a criação de novas funções, a execução de ajustes e a solução de pequenos “bugs” do programa, que começou a ser desenvolvido em parceria com a Univer

Bancos de varejo e estatais têm 87,7% dos investimentos dos RPPS

Estudo feito pela consultoria Economática indica que a maior parte do patrimônio dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) são alocados nos grandes bancos de varejo e estatais. O levantamento indica que no mês de maio, dos R$ 203,1 bilhões em reservas desse setor, R$ 160,3 bilhões estavam alocados em fundos de bancos de varejo e estatais, enquanto apenas R$ 22,5 bilhões estavam alocados em fundos de gestores independentes e R$ 20,2 bilhões estavam em outros tipos de ativos que não fundos, como títulos públicos, imóveis etc.
Cons

Previlucas, de Lucas do Rio Verde, tem novo diretor executivo

O professor de educação física Gilson Dotivo Garcia assumiu em julho o cargo de diretor executivo do Previlucas, o regime próprio de previdência social (RPPS) dos servidores de Lucas do Rio Verde (MT). Ele substituiu o secretário municipal de Administração, Alan Togni, que ocupava o posto de forma interina desde o início do ano.
Com uma carteira de investimentos de R$ 190 milhões ao final de 2020, e atendendo cerca de 1,5 mil servidores municipais, o Previlucas obteve a primeira certificação concedida pelo Pró-Gestão RPPS em outubro de

Ipresv, de São Vicente, é certificado no Pró-Gestão

O Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de São Vicente (Ipresv) recebeu da ICQ Brasil, na última terça-feira (21/07), a certificação no Nível I do Pró-Gestão RPPS. Com uma carteira de investimentos de R$ 203,08 milhões (dado de maio último), a entidade do litoral paulista, que completará 20 anos em 2022, aderiu ao programa federal de aperfeiçoamento dos regimes próprios de previdência social (RPPSs) em 28 de julho do ano passado e tem como meta estabelecida em seu planejamento estratégico até 2025 alcançar a certificação no Níve

TCU vê inconsistências nos cálculos dos déficits de RPPS e militares

O Tribunal de Contas da União (TCU) apontou inconsistências nas projeções previdenciárias feitas pelo Ministério da Economia em relação ao déficit dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPSs) e dos militares. Enquanto as estimativas sobre o déficit nos RPPSs estariam superestimadas em R$ 49,2 bilhões, para os militares as estimativas sobre o déficit estariam subestimadas em R$ 45 bilhões em relação à despesa com militares inativos e em R$ 7,2 bilhões com pensões de dependentes de militares.
O secretário especial de Previdência e

Rio das Antas e Videira assinam protocolo de intenções com a SCPrev

Os municípios de Rio das Antas e Videira, ambos de Santa Catarina, assinaram na semana passada protocolos de intenções com a SCPrev para auxílio técnico na criação dos respectivos Regime de Previdência Complementar. O protocolo prevê a prestação, por parte da SCPrev, de uma série de serviços, como assessorias jurídica e atuarial e ajuda na elaboração do projeto de lei (PL) a ser encaminhado à Câmara de Vereadores.
Integrantes da administração municipal de Rio das Antas reuniram-se na última quinta-feira (10/6) com a direção da SCPrev, p

CaraguaPrev recebe certificação no Nível I do Pró-Gestão

O CaraguaPrev, o regime próprio de previdência social (RPPS) dos servidores municipais de Caraguatatuba, obteve na última semana a certificação no Nível I do Pró-Gestão RPPS. A entidade, que gerencia 715 aposentadorias e pensões por morte, cumpriu 98% das 24 ações avaliadas pelo programa federal nas áreas de controles internos, governança corporativa e educação previdenciárias, 20 pontos percentuais acima do mínimo exigido, segundo auditoria realizada em 10 e 11 de junho pelo Instituto de Certificação de Qualidade Brasil (ICQ).
Segundo

Portaria simplifica com Termo de Adesão ao Comprev

O Diário Oficial da União (DOU) publicou ontem (14/06) a portaria nº 6.657 criando o Termo de Adesão ao Sistema de Compensação Previdenciária (Comprev), o que simplifica o processo de adesão ao Comprev. Enquanto o processo anterior exigia Acordos de Cooperação Técnica com o envio de documentos e assinaturas de várias pessoas, o Termo de Adesão com a assinatura do prefeito ou do governador do ente federativo.
Segundo nota informativa assinada pelo coordenador-geral de normatização e acompanhamento legal da Secretaria de Previdência – SPR