Mainnav

Joaçaba assina convenio de adesão com Fusan

O munic√≠pio de Joa√ßaba (SC) assinou conv√™nio de ades√£o com a Funda√ß√£o Sanepar (Fusan) para a gest√£o do Regime de Previd√™ncia Complementar dos seus funcion√°rios p√ļblicos. O plano ser√° incorporado ao Viva Mais Multi Prefeituras, da Fusan, que j√° tem a ades√£o dos munic√≠pios paranaenses de Cianorte, Colombo, Foz do Igua√ßu Pato Branco e S√£o Mateus do Sul, al√©m da catarinense Rio Negrinho e da paulista Santa Izabel. Joa√ßaba tem cerca de 30 mil habitantes.

Rentabilidade média das EFPCs foi de 0,21% em abril, diz Aditus

Em seu levantamento mensal realizado junto a um grupo de 120 Entidades Fechadas de Previd√™ncia Complementar (EFPC), com patrim√īnio somado de R$ 301 bilh√Ķes ao final de abril, a consultoria de investimentos Aditus apurou uma rentabilidade m√©dia no m√™s de 0,21%. No acumulado de quatro meses de 2022, a rentabilidade m√©dia foi de 3,85% e no acumulado de 12 meses, at√© abril, ficou em 8,34% (ver quadro abaixo).
O levantamento da consultoria mapeia os investimentos em 12 classes de ativos, seguindo os padr√Ķes de investimentos das EFPCs. Das 12

Fusesc divulga resultados de abril

A Fusesc, fundo de pensão patrocinado principalmente pela Companhia de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina (Codesc), fechou abril de 2022 com rentabilidade positiva em seus três planos. O plano Benefícios I rendeu 1,04% no mês e 5,22% no acumulado do ano, enquanto o Multifuturo I e o Multifuturo II tiveram ambos a mesma rentabilidade de 1,03% no mês e de 5,12% no acumulado do ano.
As carteiras de investimentos dos planos somavam R$ 2,60 bilh√Ķes ao final de mar√ßo, sendo R$ 750,51 milh√Ķes no plano de Benef√≠cios I, R$ 1,52 bilh√£o n

Familinvest, da Vivest, rendeu 2,34% no trimestre

O Familinvest, plano família da Vivest, fechou o primeiro trimestre de 2022 com rentabilidade de 2,34%. O resultado desse período foi superior ao da poupança (1,72%) e inferior ao registrado por PGBLs similares do mercado (3,33%). Já na comparação do resultado consolidado desde o ínício do plano (maio de 2019), o Familinvest supera todos os investimentos: a rentabilidade acumulada é de 14,58%, contra 9,47% da poupança e 9,28% dos PGBLs.

Bolsas prejudicam resultado da Prevcom em abril

A carteira de investimentos da Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom) registrou rentabilidade negativa de 0,02% em abril. O resultado foi influenciado principalmente pelo desempenho negativo da Bolsa de Valores que fechou o mês com queda de 10,10%, uma das maiores da série histórica recente.
A instabilidade afetou tamb√©m a performance dos ativos do exterior. O MSCI Europe recuou 2,63% e o MSCI World 4,93%, eliminando o efeito de compensa√ß√£o que nos √ļltimos meses as aplica√ß√Ķes nestes mercados proporcionaram

Texto da Anapar critica órgãos de regulação e controle das EFPCs

A Anapar, entidade que representa os participantes dos fundos de pens√£o, elaborou documento criticando o que considera como desest√≠mulo dos √≥rg√£os reguladores e fiscalizadores das Entidades Fechadas de Previd√™ncia Complementar (EFPCs) √† que essas cumpram com seu objetivo de investir em atividades da economia real, como fazem os fundos de pens√£o dos pa√≠ses mais desenvolvidos. Segundo o documento, ‚Äúos investimentos de longo prazo s√£o necess√°rios para o funcionamento pleno (de qualquer sociedade), particularmente em Infraestrutura...Os fun

Funcef abre inscrição para conselheiros de empresas investidas

A Funcef, fundo de pensão dos funcionários da Caixa, abriu nesta segunda-feira (16/5) um processo seletivo para 14 vagas de conselheiros em empresas nas quais investe, sendo dez para membros do Conselho de Administração e quatro para o Conselho Fiscal. Além das vagas para conselheiros titulares, serão selecionados também conselheiros suplentes.
Os selecionados não ocuparão automaticamente os cargos, mas entrarão para um banco de profissionais habilitados à ocupar essas vagas a qualquer tempo, dentro do prazo de um ano de validade do ban

Vitória adere ao plano da BB Previdência

A capital do estado do Esp√≠rito Santo, Vit√≥ria, assinou contrato de ades√£o ao plano de benef√≠cios BBPrev Brasil, da BB Previd√™ncia, que far√° a gest√£o do Regime de Previd√™ncia Complementar (RPC) dos seus servidores p√ļblicos. √Č a terceira capital estadual a aderir ao multipatrocinado do Banco do Brasil, sendo as duas outras Jo√£o Pessoa (PB) e Cuiab√° (MT). Al√©m disso, o plano conta com a ades√£o de outros 101 munic√≠pios.
Desenvolvido especificamente para servidores p√ļblicos, o BBPrev Brasil conta com processo de ades√£o autom√°tica ao Plano e

N√ļcleos obt√©m resultados positivos no trimestre e reduz d√©ficit

O Nucleos, fundo de pens√£o dos funcion√°rios da Eletronuclear, INB e Nuclep, obteve uma rentabilidade de 5,49% para o Plano B√°sico de Benef√≠cios (PBB) no primeiro trimestre do ano, superando sua meta atuarial de 4,74% (INPC + 5,23%). Com isso, seu d√©ficit acumulado em mar√ßo alcan√ßou R$ 872 milh√Ķes, uma queda de R$ 24 milh√Ķes frente ao d√©ficit do final de 2021, que era de R$ 848 milh√Ķes.
Com uma carteira de investimentos de R$ 3,58 bilh√Ķes em mar√ßo, o PBB apresentou resultados positivos nos cinco segmentos em que investiu. A carteira de r

Fapes quer adotar IPCA para corrigir benefícios do PBB

O Conselho Deliberativo da Fapes, o fundo de pensão dos funcionários do BNDES, aprovou em 11 de maio a intenção de adotar o IPCA como índice de reajuste para os benefícios concedidos pelo Plano Básico de Benefícios (PBB), atuais e futuros. A atualização pelo IPCA é proposta também para a Unidade de Referência (UR) do PBB, para os Salários de Participação (SP) considerados para a definição do Salário Real de Benefícios (SRB) e para os valores de resgate e portabilidade do plano.
Seguindo o que determina a Resolu√ß√£o CNPC n¬ļ 40, durante o