Mainnav

Já estamos num período mais estável

Edição 62

Para o BC, com o aumento da estabilidade, não há mais sentido de mudar as taxas de juros com a mesma frequência do primeiro semestre

O diretor de política monetária do Banco Central, Luiz Fernando Figueiredo, tem uma resposta na ponta da língua à quem se aventura a fazer uma pergunta sobre as perspectivas futuras das taxas de juros. Ele recomenda a leitura do Relatório da Inflação do BC, especificamente sua págima 84. “O que o mercado precisa é ler detalhadamente o Relat

Para a Argentina, o menor custo é se manter onde está

Edição 61

Dany Rappaport, do Banco Santander

O economista-chefe do Banco Santander, Dany Rappaport, está acompanhando de perto a evolução da situação política e econômica da Argentina, que muitos consideram como o ponto mais frágil dos negócios globalizados. Ele acha que a melhor alternativa para a Argentina é manter a política de conversibilidade cambial, pelo menos é dessa forma que o país perderia menos.
Seu acompanhamento da situação argentina vem de análises conjuntas e

Da Russia à Coréia em três meses

Edição 60

Os investidores financeiros acreditavam, há três meses, que o Brasil seguia as pegadas da Rússia, mas hoje vêem que de fato seguem os passos da Coréia

O professor Edmar Bacha é um dos pais do Plano Real, juntamente com Pérsio Arida e Gustavo Franco. Na verdade, o professor Bacha tem participado ativamente da elaboração de todos os planos econômicos de governos nos últimos quinze anos, desde o primeiro deles, o Cruzado, lançado pelo presidente José Sarney. Chegou a ocupar

Poderemos chegar a R$ 1 bilhão em 18 meses

Edição 59

João Luiz Máscolo, do Grupo Nikko 

O grupo japonês Nikko Securities, cujo maior acionista é hoje o grupo norte-americano Citigroup Salomon Smith Barney –com 15% do capital, chegou ao Brasil no ano passado para uma aliança estratégica com o Banco Marka na área de asset management. Com os problemas do Marka, a aliança Marka Nikko foi desfeita e o grupo japonês se prepara para operar sozinho no País. O processo de constituição da nova empresa está em tramitação, e deve

Movimentos são mais amplos e mais rápidos

Edição 58

O diretor executivo do Deutsche Bank Asset Management fala sobre as novas condições das finanças internacionais

O diretor do Deutsche Bank Asset Management, David Gotlib, é um executivo preocupado com as mudanças que estão ocorrendo na área de gestão de recursos. Ele diz que, nos últimos anos, figuras importantes do mundo das finanças perderam dinheiro com base em análises fundamentalistas e modelos de consistência. Dá como exemplo o caso dos prêmios Nobel que participam

Chamam de intervencionismo o que é regulação

Edição 57

Paulo Kliass, da SPC

O titular da Secretaria de Previdência Complementar (SPC), Paulo Kliass, faz nesta entrevista à Investidor Institucional um apanhado das principais questões envolvendo os projetos de lei complementar sobre a reforma da previdência e o novo modelo de gestão de investimentos, que segundo ele deve ser votado numa das próximas reuniões do Conselho Monetário Nacional. Veja, a seguir, os principais pontos da entrevista de Kliass.

In

A ética supera qualquer “chinese wall”

Edição 56

Um novo código de auto-regulação está sendo elaborado pela Anbid com objetivo de eliminar os pontos cinzentos da legislação

A indústria de fundos tem voltado a crescer, após as crises do final do ano passado (crise da Rússia) e início deste ano (crise cambial do Brasil). O volume de recursos dessa indústria somava R$ 165 bilhões no início de maio, e segundo o presidente da Associação Brasileira dos Bancos de Investimento (Anbid), Pedro Henrique Mariani, ainda deve cresce

Críticas ao livre dinheiro de especulação

Edição 55

O professor canadense considera que os países devem impor regras mais rígidas aos instrumentos de derivativos

Os capitais voláteis, tão falados e sobre os quais os países impõem tão poucos controles, são uma das grandes preocupações do professor de economia da Universidade de Ottawa, Michel Chossudovsky. Ele esteve no Brasil no final de abril para fazer o lançamento de seu livro “A globalização da pobreza – Impactos das reformas do FMI e do Banco Mundial”, que já foi publicado em vários outros paíse

Quase todos os bancos ganharam na crise cambial

Edição 54

Entre os 47 bancos analisados pela Atlantic Rating nas últimas semanas, 45 ganharam com a crise cambial

A quebra do Crefisul não pegou de surpresa o norte-americano Paul Bydalek, presidente da Atlantic Rating. No final do ano passado, analisando os números do balanço público do banco de Ricardo Mansur, a Atlantic resolveu classificá-lo com um score 4, numa escala de 1 a 10. “A erosão da situação financeira do banco era evidente”, diz Bydalek, que mora no Brasil há 18 anos.
Ele chegou ao país em

SSB Citi deve lançar família de índices em maio

Edição 53

A nova empresa de asset vai deixar o tradicional prédio de vidros azuis do Citibank, na avenida Paulista

O Citicorp é um dos maiores administradores de recursos de terceiros do planeta, exatamente o 10º no mundo, uma posição confortável mas que deve crescer com a criação da estrutura do SSB Citi Asset Management, que incorpora as experiências do Salomon Smith Barney e do Citibank. No Brasil, a SSB Citi nasce como a 7ª do ranking dos administradores de ativos e promete sa