Mainnav

N√£o somos fundos abutres | Representante da Abrapp comenta propostas aos presidenci√°veis, entre elas, os incentivos para ativos de infraestrutura e o fomento ao sistema

Carlos Alberto Caser,  da Abrapp
Carlos Alberto Caser, da Abrapp

Edição 264

 

Um dos pontos centrais da carta enviada pela Abrapp (Associa√ß√£o Brasileira das Entidades Fechadas de Previd√™ncia Complementar) enviada aos candidatos √† presid√™ncia da Rep√ļblica √© o incentivo aos investimentos em infraestrutura. O vice-presidente da associa√ß√£o, Carlos Alberto Caser, que tamb√©m √© presidente da Funcef, √© enf√°tico ao defender maior participa√ß√£o dos fundos de pens√£o nos investimentos de infrestrutura, mas claro, desde que tenham um retorno e risc

A√ß√Ķes dos EUA seguem em alta | Em visita ao Brasil, CEO da americana Principal acredita que as bolsas americanas continuam com boas perspectivas para os pr√≥ximos dois anos

Jim McCaughan,  da Principal Global Investors
Jim McCaughan, da Principal Global Investors

Edição 263

 

Apesar das derrapadas na recupera√ß√£o da economia americana, que ainda registra crescimento da economia e do mercado de trabalho inconstante, o mercado de a√ß√Ķes dos EUA √© a melhor aposta para os pr√≥ximos dois anos. Essa √© a previs√£o de Jim MacCaughan, diretor presidente da Principal Global Investors, que foi feita em entrevista exclusiva √† Investidor Institucional em visita recente ao Brasil. O CEO da gigante americana de gest√£o de investimentos e de planos de previd√™ncia defende que as a√ß√Ķes

Mercado aposta contra Dilma | Longe de fatores fundamentalistas, subida do Ibovespa é impulsionada por novo cenário eleitoral que aponta para segundo turno presidencial

Luiz Gonzaga Belluzzo, economista
Luiz Gonzaga Belluzzo, economista

Edição 262

A trágica morte de Eduardo Campos e a entrada de Marina Silva como candidata presidencial tem impulsionado ainda mais a subida do principal índice da bolsa doméstica, o Ibovespa, que se aproximou dos 60 mil pontos na segunda metade de agosto. Se a realização do segundo turno na disputa presidencial era uma possibilidade, agora as recentes pesquisas eleitorais apontam para maior dificuldade para a reeleição de Dilma Rousseff em

Frutos da estabiliza√ß√£o | Ex‚Äďpresidente do Banco Central no governo Fernando Henrique sintetiza o desenvolvimento da ind√ļstria de assets ap√≥s 20 anos do Plano Real

Gustavo Franco, da Rio Bravo Investimentos
Gustavo Franco, da Rio Bravo Investimentos

Edição 261

 

Considerado um dos pais do Plano Real, o economista Gustavo Franco fala nessa entrevista exclusiva √† Investidor Institucional sobre o desenvolvimento do mercado de capitais ap√≥s o pa√≠s ter vencido a hiperinfla√ß√£o. ‚ÄúEsse universo de ativos alternativos foi uma cria√ß√£o da estabilidade, nunca existiriam em um mundo de infla√ß√£o elevada‚ÄĚ, diz Franco, que ocupou diversos postos nos dois mandatos do governo Fernando Henrique Cardoso, entre eles o de secret√°rio adjunto de pol√≠tica econ√īmica do Minis

Luz amarela acesa | Resultados da renda fixa no ano passado ativou sinal de alerta para os fundos de pens√£o e abriu caminho para os investimentos no exterior

Alcindo Canto, do HSBC
Alcindo Canto, do HSBC

Edição 260

 

Com as perdas sofridas pelos fundos de renda fixa atrelados √† infla√ß√£o no ano passado, o mercado ainda registra os efeitos da forte volatilidade dos juros. ‚ÄúOs fundos de pens√£o queriam voltar para CDI. E tentamos dizer que n√£o, que estamos vendo o horizonte de 10 ou 20 anos, ent√£o as carteiras est√£o bem alocadas‚ÄĚ, diz Alcindo Canto, novo diretor executivo da asset do HSBC. Ele entrou no lugar de Pedro Bastos, que

Alternativas para o crescimento | Gigante mundial aposta em parcerias com institui√ß√Ķes locais e n√£o descarta aquisi√ß√Ķes para crescer no mercado brasileiro

Armando Senra, da BlackRock
Armando Senra, da BlackRock

Edição 259

 

Maior asset mundial com US$ 4,4 trilh√Ķes de ativos sob gest√£o (Aum), a BlackRock ainda possui uma participa√ß√£o modesta no mercado brasileiro. Com cerca de US$ 2,6 bilh√Ķes sob gest√£o no Brasil, a asset ainda apresenta volume reduzido de recursos sob gest√£o se comparado a outros mercados da Am√©rica Latina como M√©xico e Chile. No M√©xico, por exemplo, s√£o mais de US$ 26 bilh√Ķes de ativos geridos pela BlackRock. Mas nem por isso, a empresa deixa de investir para ampliar sua participa√ß√£o na ind√ļst

Uma boa nota para o Fed | Diretor da UBS elogia criatividade e resultados da política de Bernanke à frente do Fed e aponta mercados atuais com melhores oportunidades

Bruno Bertocci, do UBS
Bruno Bertocci, do UBS

Edição 258

 

Ao analisar os resultados da pol√≠tica conduzida por Ben Bernanke √† frente do Fed (Federal Reserve), o diretor de investimentos e gestor s√™nior da UBS Global Asset Management, Bruno Bertocci, n√£o evita demonstrar uma vis√£o bastante otimista. Ao falar sobre o processo de recupera√ß√£o da economia dos EUA ele resume: ‚Äú√© basicamente a melhor recupera√ß√£o do mundo‚ÄĚ. Em entrevista exclusiva √† Investidor Institucional, Bertocci lembra da tese de doutorado do ex-presidente do Fed, que falava sobre medi

Crescimento dos alternativos | Private equities, real state e hedge funds avançam com aumento da alocação dos fundos de pensão dos EUA após a crise de 2008

Saimir Pandiri, do BNY Mellon
Saimir Pandiri, do BNY Mellon

Edição 257

 

Antes de ocupar o posto de vice- presidente e chefe global da área de serviços financeiros do BNY Mellon, o indiano Samir Pandiri atuou na área de investimentos alternativos da mesma instituição. Por isso, acumulou experiência e presenciou a evolução do mercado de private equity, real state (imobiliário), hedge funds e infraestrutura. Em visita ao Brasil no final de fevereiro passado, Pandiri concedeu entrevista exclusiva para Investidor Institucional e contou como foi o desenvolvimento e as

Capacidade de concilia√ß√£o | Novo presidente da Abrapp escuta reivindica√ß√Ķes das grandes funda√ß√Ķes e consegue manter unidade de representa√ß√£o do sistema

José Ribeiro Pena Neto, da Abrapp
José Ribeiro Pena Neto, da Abrapp

Edição 256

 

Quem conhece um pouco do perfil de Jos√© Ribeiro Pena Neto, novo presidente da Abrapp, logo percebe que, como bom mineiro, √© um sujeito que mais escuta do que fala. Diretor de um dos maiores fundos de pens√£o do pa√≠s, a Forluz, de Minas Gerais, ele desempenhou papel central para evitar uma divis√£o no sistema associativo dos fundos de pens√£o. Ele e seus pares mais pr√≥ximos conseguiram n√£o apenas evitar a sa√≠da das grandes funda√ß√Ķes, Previ, Petros e Funcef, que amea√ßavam deixar a Abrapp, como ta

Nicho em franco crescimento | Fundos multicedentes e multissacados continuam se expandindo mesmo com a crise dos Fidcs dos bancos médios e a nova regulamentação CVM

Alexandre Silveira, da Anfidc
Alexandre Silveira, da Anfidc

Edição 255

 

Mesmo com os problemas enfrentados pelos Fidcs (fundos de investimentos em direitos creditórios) de bancos como o Cruzeiro do Sul e BVA, que afetou todo o mercado desde o ano passado, há uma classe de fundos que continuou em franca expansão. Os chamados Fidcs multicedentes e multissacados cresceram em média 20% ao ano desde o final de 2011. Por conta da pulverização dos cedentes de direitos creditórios e dos sacados de contratos, esses Fidcs apresentam menor