Mainnav

Câmara do Rio aprova projeto que prevê criação de EFPC

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou na última terça-feira (15/06) o Projeto de Lei (PL) 60/2021, de autoria do Executivo, que institui o regime de previdência complementar na ex-capital da República. Em seu artigo 3º, o PL 60/2021 abre espaço para a criação de uma entidade fechada de previdência complementar (EFPC) municipal, a RioPrevi, encarregada de administrar planos de complementação de aposentadorias dos servidores cariocas e, também, de servidores de outros entes federativos.
Encaminhado ao Legislativo em 4 de março, o

MBPrev divulga rentabilidade das carteiras em maio

A MBPrev, fundo de pensão dos funcionários da Mercedes Benz do Brasil, fechou o mês de maio com rentabilidade de 0,30% para o perfil conservador, 1,06% para o perfil moderado e 1,50% para o perfil arrojado. No acumulado do ano até o mesmo mês, os perfis renderam 0,86%, 1,34% e 1,83%, respectivamente.
A carteira conservadora da MBPrev tem 100% alocado em renda fixa, a moderada tem a meta de alocar 10% em renda variável (pode variar entre 0% e 15%) e a arrojada tem a meta de alocar 20% em renda variável (pode variar entre 10% e 25%).

Previ comemora saída do FIP Crescera Educacional II da Afya

A compra pelo conglomerado alemão Bertelsmann da participação que o FIP Crescera Educacional II detinha na companhia de educação médica Afya, que realizou IPO na Nasdaq nos EUA em julho de 2019 e follow-on em fevereiro de 2020, foi comemorada pela Previ, o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil. Com a compra dessa participação pela empresa alemã, o fundo do qual a Previ é quotista será liquidado e deve trazer, nas palavras do comunicado divulgado pela fundação, “um excelente retorno para o Plano 1 e o Previ Futuro”.

Plano CD da Faceb bate índice de referência em maio

A Faceb, o fundo de pensão dos funcionários da Companhia Energética de Brasília (CEB), apurou em maio retornos na faixa de 1,14% a 1,42% em seus três planos de benefícios. O ponto alto foi o Cebprev, de Contribuição Definida (CD), que superou em 0,69 ponto percentual o seu índice de referência graças à valorização de 6,09% da carteira de renda variável. Com patrimônio de R$ 1,10 bilhão, o equivalente a 72% dos ativos da entidade, o produto acumulou de janeiro a maio um ganho de 3,25%, 1,21 ponto percentual abaixo do alvo.
Os demais plan

Funpresp lança edital para contratar gestores de fundos de crédito privado

A Funpresp-Exe, fundo de pensão dos funcionários públicos federais do executivo e legislativo, lançou um edital para a seleção de quatro gestores dos quais os dois melhor classificados farão a gestão de dois fundos exclusivos de crédito privado no valor de R$ 150 milhões cada. Conforme antecipado por Investidor Institucional em matéria publicada na data de 06 de abril, o contrato de gestão dos dois fundos será de cinco anos com mandatos para baixo risco de crédito, tendo como benchmark IPCA + 4,5% ao ano.
De acordo com o diretor-preside

Funcef fecha 1º tri com rentabilidade de 5,75%

A Funcef, fundo de pensão dos funcionários da Caixa, apresentou superávit consolidado de R$ 1,82 bilhão no primeiro trimestre do ano, com a carteira total de investimentos, que somava R$ 83,9 bilhões no período, alcançando uma rentabilidade de 5,75% frente a uma meta atuarial de 3,09%.
O maduro plano REG/Replan, com menor exposição à bolsa e carregando uma carteira de títulos públicos marcados na curva, obteve rentabilidade de 7,69% na modalidade Saldado e de 6,03% na modalidade Não Saldado, para uma meta atuarial de 3,09%. Já os planos

Prevcom apura rentabilidade de 0,97% em maio

A Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom) apurou retorno de 0,97% em maio, elevando a rentabilidade acumulada no ano para 4,50%, 0,42 ponto percentual abaixo do alvo de 4% ao ano além da variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O patrimônio dos planos de benefícios administrados pela entidade alcançou a marca de R$ 1,94 bilhão, com o acréscimo de R$ 33 milhões em contrapartidas governamentais, contribuições dos participantes e rentabilidade dos ativos financeiros.
A performance posi

Baneses prepara instituído com perfis de investimento

A Baneses, o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), prepara o lançamento de um plano instituído voltado aos familiares dos seus cerca de 4,5 mil participantes. Com um patrimônio líquido ao redor de R$ 2 bilhões, a entidade pretende apresentar o produto, ainda sem nome definido, entre o fim de 2020 e o primeiro trimestre do próximo ano.
“O público-alvo é formado por 22,5 mil parentes, dependentes e até mesmo amigos dos participantes dos nossos três planos de benefícios”, diz a diretora-superinte

ALPrev pretende oferecer planos a municípios de Alagoas

A ALPrev, o fundo de pensão dos servidores públicos de Alagoas, pretende reforçar o seu quadro de patrocinadores. Projeto de lei complementar encaminhado pelo Executivo estadual à Assembleia Legislativa na última sexta-feira (11/06) abre espaço para a adesão à entidade de municípios alagoanos e outros entes federativos. A prioridade serão as cerca de 70 cidades do Estado que contam com regimes próprios de previdência social (RPPSs).
Criada pela Lei Complementar estadual 44, de junho de 2017, a ALPrev teve o seu estatuto sancionado pela

Daniel Stieler toma posse como novo presidente da Previ

Daniel Stieler, novo presidente da Previ
Daniel Stieler, novo presidente da Previ

Daniel André Stieler tomou posse hoje (14/06) no cargo de presidente da Previ, o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, após seu nome ter recebido o atestado de habilitação emitido pela Previc. O executivo, indicado pela direção do Banco do Brasil e cujo nome o Conselho Deliberativo da fundação já havia aprovado na semana passada, substitui José Maurício Pereira Coelho que renunciou ao cargo em 25 de maio último.
Stieler ocupava desde o início deste ano a superintendência do Economus, o fundo de pensão dos funcionários da