Mainnav

RandonPrev n√£o foi afetada

Edição 367

A RandonPrev, fundo de pens√£o dos empregados das empresas do grupo Randon, praticamente n√£o sofreu danos patrimoniais com as enchentes que atingiram o estado ga√ļcho em maio. Localizada num dos bairros mais elevados da cidade de Caxias do Sul, chamado de Interlagos, a funda√ß√£o n√£o foi afetada diretamente pelas inunda√ß√Ķes.
‚ÄúFelizmente, dentro do contexto, n√≥s n√£o tivemos impactos diretos, como alagamentos e inunda√ß√Ķes em nossa sede ou mesmo interrup√ß√£o de funcionamento dos nossos sistemas. Tudo seguiu funcionando perfeitamente e conseguimos rodar a folha de pagamentos para atender os assistidos‚ÄĚ, diz o presidente do Conselho Deliberativo, Joarez Jos√© Piccinini.
Com um quadro de apenas cinco funcion√°rios, a entidade ofereceu a eles, no primeiro dia de chuvas fortes, a possibilidade de trabalharem remotamente. O esquema de home office foi adotado por uma semana mas, passado esse per√≠odo, os funcion√°rios retornaram ao trabalho presencial. ‚ÄúNingu√©m da nossa equipe sofreu impactos diretos‚ÄĚ, conta o diretor administrativo da funda√ß√£o, Luiz Carlos de Lima.
A entidade fechou o ano passado com um patrim√īnio de R$ 561 milh√Ķes e perto de 17 mil participantes, dos quais menos de 400 assistidos. A entidade imaginava que, devido √† trag√©dia, poderia haver uma onda de pedidos de resgate por parte dos participantes, mas isso n√£o aconteceu. ‚ÄúPara n√≥s foi uma surpresa‚ÄĚ, diz Lima
√Ä salvo dos impactos diretos das inunda√ß√Ķes, tanto em suas instala√ß√Ķes quanto em rela√ß√£o ao seu pessoal, a RandonPrev envolveu-se em a√ß√Ķes de ajuda √† popula√ß√£o do estado, atrav√©s de campanhas de arrecada√ß√£o e de transporte de doa√ß√Ķes aos locais mais necessitados.