Mainnav

Postalis aprova proposta de equacionamento para plano BD

O Conselho Deliberativo do Postalis aprovou na última sexta-feira (16/07), a proposta de equacionamento do déficit do Plano BD da instituição, acumulado de 2015 até 2020, no valor de cerca de R$ 7 bilhões. A proposta estabelece que 50% do valor será arcado pelos participantes ativos, aposentados e pensionistas e os outros 50% pela patrocinadora, como determina a lei.
Antes de ser definida a data de início da execução do equacionamento, entretanto, a proposta deverá ser aprovada pelos Correios, pela Secretaria de Coordenação e Governança

Comitês gestores elegem presidente do Conselho Consultivo da Prevcom

Marcos Hayazaki, membro do Ministério Público de São Paulo (MP-SP), foi eleito presidente do Conselho Consultivo da Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom). O Conselho é eleito por servidores que integram os Comitês Gestores dos planos administrados pela entidade.
Hayazaki será o representante dos participantes perante os conselhos Deliberativo, Fiscal e Diretoria Executiva da Prevcom. A fundação gerencia um patrimônio de R$ 1,94 bilhão dos planos exclusivos dos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Gross

Só 24 entes federativos têm previdência complementar funcionando

Levantamento feito pelo Ministério da Economia indica que até a última quarta-feira (14/07) apenas 24 entes federativos, entre os 2.149 estados e municípios que possuem Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS), ofereciam planos de previdência complementar para seus servidores com salários acima do teto do INSS. A Lei Complementar 103 (LC 103), que instituiu a Reforma da Previdência, dá prazo até o dia 12 de novembro próximo para que estados e municípios com RPPS passem a oferecer planos de previdência aos seus servidores.
Dos 24 en

Betim assina convênio de adesão ao multipatrocinado da Prevcom-MG

Armando Quintão Bello, presidente da PrevcomMG
Armando Quintão Bello, presidente da PrevcomMG

O município de Betim (MG) assinou na segunda-feira passada (12/07) convênio de adesão ao plano Prev-Mais, da Prevcom-MG, fundo de pensão dos servidores públicos estaduais de Minas Gerais. O convênio deve ser submetido à apreciação da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) na próxima semana.
“Começamos bem, com a adesão da quinta maior cidade mineira, e teremos mais novidades em breve. Mantemos negociações com outros sete importantes municípios do Estado que estão em fase de elaboração e tramitação de leis para a

Metrus dá início a fundo de crédito de R$ 30 milhões com a ARX

Keite Bianconi, diretora de investimentos da fundação Metrus
Keite Bianconi, diretora de investimentos da fundação Metrus

O Metrus, o fundo de pensão dos funcionários do Metrô paulistano, pretende iniciar na primeira quinzena de agosto o seu segundo fundo de investimento de crédito privado, com um mandato de R$ 30 milhões para a ARX Investimentos, do grupo BNY Mellon. O novo fundo vai rodar no Plano II da fundação, de Contribuição Variável (CV), que conta com um patrimônio ao redor de R$ 1,51 bilhão. Iniciado em agosto de 2020, o processo de seleção do gestor contou com as participações de 37 candidatos e foi concluído em 23 de abril último.
“Embora o mand

Funpresp-Jud obtém retorno de 0,37% em junho

A Funpresp-Jud, fundo de pensão dos funcionários públicos do Judiciário e do Ministério Público federais, obteve um retorno de 0,37% na carteira de investimentos do plano PB, abaixo do benchmark do plano que era de 0,87%. No acumulado do ano até junho, o plano tem um resultado de 3,01%, para um benchmark de 5,85%.
A carteira de investimentos do plano fechou o mês com 74,4% dos recursos em Renda Fixa, 11,9% em Renda Variável, 3,0% em Investimentos Estruturados, 7,8% em Investimentos no Exterior e 2,9% em Imobiliário.

Caesb desiste de retirar patrocínio do Plano II da Fundiágua

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) decidiu suspender o processo de retirada de patrocínio do Plano II (Saldado) da Fundiágua. A decisão da patrocinadora foi comunicada por carta à fundação na data de 9 de julho, que imediatamente encaminhou a documentação à Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). Nesta terça-feira, (13/07), a fundação recebeu comunicação da autarquia confirmando que o processo de retirada de patrocínio havia sido arquivado.
O pedido de retirada de patrocínio do Plano

Levantamento da Aditus mostra rentabilidade de 0,64% em junho

Levantamento realizado mensalmente pela Consultoria Aditus junto a 119 Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), cujo patrimônio somado atingiu R$ 264 bilhões ao final de junho, mostrou que a rentabilidade média da carteira de investimentos desse grupo foi de 0,64% no mês, abaixo da média de maio que ficou em 1,14%. No acumulado do ano até junho a rentabilidade média das carteiras ficou em 4,17% e no acumulado de 12 meses até junho ficou em 10,22% (ver quadro abaixo).
Das doze classes de investimento em que o levantamento e

Carteira da Prevcom rende 0,51% em junho

A carteira de investimentos consolidada da Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom) fechou o mês de junho com rentabilidade de 0,51% e patrimônio acumulado de R$ 1,97 bilhão. O resultado corresponde a 166,91% do CDI, que rendeu 0,31% no mês. No acumulado do ano até junho, a carteira da Prevcom rendeu 5,04% enquanto o CDI registrou 1,28%.

PRhosper divulga prévia da rentabilidade de junho

A PRhosper, fundo de pensão dos funcionários do grupo Rhodia, publicou uma prévia da rentabilidade dos seus perfis de investimento no mês de junho. O perfil Flex 0 fechou junho com rentabilidade de 0,37% e o acumulado do ano até esse mês com 0,03%; Já os perfis Flex 15 e Flex 30 fecharam junho com 0,40% e 0,56%, respectivamente, e o acumulado do ano com 0,74% e 1,59%, também respectivamente. O perfil CD fechou junho com rentabilidade de 0,40% e o acumulado do ano com 0,72%.
Em relação às metas de retorno, o Flex 0 buscava 0,36% em junho