Funcef amplia apuração de ativos sob investigação

A Funcef divulgou nesta segunda-feira, 28 de janeiro, que o número de apurações das Comissões Técnicas de Apuração (CTAs) sobre ativos sob investigação na Operação Greenfield, da Polícia Federal, aumentou de 17 para 42. Segundo a fundação, as comissões, que são formadas por empregados aposentados da Caixa, já finalizaram 27 relatórios e encaminharam 25 para o Ministério Público Federal.

A Funcef instaurou as comissões em abril de 2017, e desde então o trabalho vem se ampliando de acordo com a demanda. As comissões são supervisionadas pela Gerência de Auditoria Interna (GEAUD) e Gerência Jurídica (GEJUR) da Funcef.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso