Mainnav

Levantamento da Aditus mostra rentabilidade de 0,64% em junho

lupa1Levantamento realizado mensalmente pela Consultoria Aditus junto a 119 Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), cujo patrimônio somado atingiu R$ 264 bilhões ao final de junho, mostrou que a rentabilidade média da carteira de investimentos desse grupo foi de 0,64% no mês, abaixo da média de maio que ficou em 1,14%. No acumulado do ano até junho a rentabilidade média das carteiras ficou em 4,17% e no acumulado de 12 meses até junho ficou em 10,22% (ver quadro abaixo).
Das doze classes de investimento em que o levantamento está dividido, as três que apresentaram as melhores performances no mês foram ALM (títulos públicos), Renda variável ativa e Multimercados estruturados, com altas de 1,16%, 0,86% e 0,56%, respectivamente. Já as três que apresentaram as piores performances no mês foram Exterior renda variável, Fundos de investimentos imobiliários e Fundos de investimentos em participações, com quedas de -2,96%, -0,93% e -0,43%, respectivamente.
Segundo a apresentação da Aditus, “junho foi mais um mês positivo para os mercados globais. Nos Estados Unidos, além de revisar a projeção de inflação de 2021 para cima, o FED também divulgou que a mediana das expectativas dos membros do Comitê agora prevê duas altas de juros em 2023. Como consequência, acompanhamos uma diminuição da inclinação da curva de juros americana, com elevação do nível dos juros curtos (até 5 anos) e diminuição do nível dos juros longos. Nesse sentido, o dólar acabou perdendo força contra a maior parte das moedas globais (queda de 4,40%), enquanto as bolsas globais seguiram em trajetória de valorização. O S&P 500 teve alta de 2,22%.”.
A consultoria diz que “no Brasil, as expectativas com os dados de atividade e a aceleração da campanha de vacinação continuam a fazer o mercado revisar as previsões de crescimento do PIB para cima”, mas teme que “a reabertura econômica pode elevar os preços de serviços e impactar rapidamente os núcleos de inflação”.
Em relação ao mercado de renda variável, a consultoria avalia que “o Ibovespa teve, na maior parte do mês, a continuação do forte movimento visto nos últimos meses, impulsionado por fluxos estrangeiros e revisões do PIB. No entanto, preocupações com a reforma tributária enviada ao Congresso fizeram com que a bolsa devolvesse parte dos ganhos, fechando o mês levemente positiva em 0,46%”.

Consolidado do mês de Junho/21
119 EFPCs  - R$ 264 bilhões
Investimentos Alocação Rentabilidade
No mês No ano Em 12 meses
ALM (TÍTULOS PÚBLICOS) 35,70% 1,16% 6,49% 12,33%
FDO. INVEST. IMOBILIÁRIOS 0,30% -0,93% -7,18% -9,97%
FDO. INVEST. PARTICIPAÇÕES 1,57% -0,43% 1,49% 8,85%
MULTIMERCADOS EFPC 16,49% 0,30% 1,29% 4,10%
MULTIMERCADOS ESTRUTURADOS 4,43% 0,56% 2,11% 6,91%
EXTERIOR RENDA FIXA 1,29% 0,14% 3,13%  
EXTERIOR RENDA VARIAVEL 1,29% -2,96% 12,26%  
RENDA FIXA CREDITO 7,14% 0,47% 2,18% 4,77%
RENDA FIXA INFLACAO 8,55% 0,41% -0,43% 6,01%
RENDA FIXA TRADICIONAL 12,38% 0,31% 1,19% 2,23%
RENDA VARIÁVEL ATIVA 9,87% 0,86% 9,95% 32,76%
RENDA VARIÁVEL PASSIVA 0,98% 0,46% 10,05% 36,94%
MÉDIA 100,00% 0,64% 4,17% 10,22%