Mainnav

Aditus apura rentabilidade média de 0,10% para EFPCs em setembro

grafico 3Levantamento realizado pela Consultoria Aditus no m√™s de setembro junto a 119 Entidades Fechadas de Previd√™ncia Complementar (EFPC), com patrim√īnio somado de R$ 266 bilh√Ķes, apurou uma rentabilidade m√©dia de 0,10% no m√™s, inferior √† m√©dia de agosto que foi de 0,37%. A rentabilidade m√©dia no ano at√© setembro √© de 4,83% e a de 12 meses √© de 8,78% (ver quadro abaixo).
O levantamento da Aditus divide os investimentos da EFPCs em doze classes, das quais as tr√™s que apresentaram as melhores performances em setembro foram ALM (t√≠tulos p√ļblicos), exterior renda vari√°vel e exterior renda fixa, com altas de 1,41%, 1,03% e 0,79%, respectivamente. J√° as tr√™s que apresentaram as piores performances no m√™s foram renda vari√°vel passiva, renda vari√°vel ativa e fundos de investimentos imobili√°rios, com quedas de -6,65%, -6,22% e -1,63%, respectivamente.
A alta das Selic que vem sendo implementada pelo Banco Central nas √ļltimas reuni√Ķes do Copom j√° come√ßa a alterar o perfil de aloca√ß√Ķes das funda√ß√Ķes. Enquanto a participa√ß√£o da classe ALM (t√≠tulos p√ļblicos) caiu de 40,41% em agosto para 36,34% em setembro, um tombo de 4,08 pontos percentuais, praticamente todas as outras aloca√ß√Ķes subiram, com destaque para renda fixa cr√©dito (de 5,94% para 6,76%), renda fixa tradicional (de 11,38% para 12,27%) e renda fixa infla√ß√£o (de 8,48% para 8,83%). Tamb√©m subiram os multimercados EFPC (de 14,89% para 15,53%) e os multimercados estruturados (de 4,14% para 4,60%).
A Aditus destaca em sua an√°lise de conjuntura que o FED (banco central americano) indicou que come√ßar√° em novembro, nos Estados Unidos, a normaliza√ß√£o de sua pol√≠tica monet√°ria atrav√©s da diminui√ß√£o do ritmo de compra de ativos no mercado, o que influenciar√° a precifica√ß√£o de sua curva de juros. Na China, aumentaram as preocupa√ß√Ķes com rela√ß√£o √† diminui√ß√£o do ritmo de crescimento do pa√≠s, por causa do risco de calote da Evergrande e da crise de energia que afeta a produ√ß√£o chinesa. No Brasil, al√©m do cen√°rio internacional j√° desfavor√°vel, seguem em alta as proje√ß√Ķes da infla√ß√£o e da Selic, com consequente redu√ß√£o da expectativa de crescimento econ√īmico em 2022. Al√©m disso, a instabilidade na √°rea pol√≠tica impede um avan√ßo significativo da agenda de reformas.

Consolidado do mês de Setembro/21
119 EFPCs  - R$ 266 bilh√Ķes
Investimentos Alocação Rentabilidade
No mês No ano Em 12 meses
ALM (T√ćTULOS P√öBLICOS) 36,34% 1,41% 10,70% 14,07%
FDO. INVEST. IMOBILI√ĀRIOS 0,29% -1,63% -11,16% -14,61%
FDO. INVEST. PARTICIPA√á√ēES 1,56% -0,10% -1,97% 2,37%
MULTIMERCADOS EFPC 15,53% 0,54% 2,18% 3,85%
MULTIMERCADOS ESTRUTURADOS 4,60% 0,37% 2,04% 6,54%
EXTERIOR RENDA FIXA 1,50% 0,79% 6,29%  
EXTERIOR RENDA VARIAVEL 1,63% 1,03% 22,84%  
RENDA FIXA CREDITO 6,76% 0,61% 3,78% 5,44%
RENDA FIXA INFLACAO 8,83% 0,38% -0,38% 3,59%
RENDA FIXA TRADICIONAL 12,27% 0,47% 2,55% 3,21%
RENDA VARI√ĀVEL ATIVA 9,66% -6,22% -4,09% 15,30%
RENDA VARI√ĀVEL PASSIVA 1,02% -6,65% -3,51% 21,61%
M√ČDIA 100,00% 0,10% 4,83% 8,78%