Governo aprova novos PDVs mas não informa em quais estatais

A Secretaria Especial de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia aprovou para este ano a adoção de mais três propostas de Programa de Desligamento Voluntário (PDVs) para empresas estatais federais e outros quatro já estão em estudo. Quatro processos estão em curso no Correios, Petrobras, Infraero e Embrapa. No entanto, "por uma questão estratégica", segundo a Secretaria, não pode divulgar quais as outras empresas estão com PDVs aprovados e que "quem deve fazer esse anúncio são as próprias companhias".
A estimativa divulgada pelo ministério é de desligamento de mais de 21 mil empregados, com uma economia em folha de R$ 2,3 bilhões por ano e de que os programas aprovados sejam finalizados ainda este ano.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso