Gauss deixa estrutura do Credit Suisse e se torna asset independente

Depois de quatro anos sob o guarda-chuva do Credit Suisse, a Gauss saiu da estrutura do banco suíço e tornou-se uma gestora independente de investimentos. Desde janeiro de 2019, Fábio Okumura assumiu o controle do negócio e se associou à companhia de investimentos Vectis Capital, de Paulo Lemann, Alexandre Aoude, Patrick O’Grady e Sérgio Campos.

No spin off (separação) acordado conjuntamente entre a gestora e o Credit Suisse, ficou definido que os fundos multimercado e de crédito ficariam com a nova Gauss. Desta forma, a empresa tem em seu portfólio onze fundos que somam patrimônio de aproximadamente R$ 1,5 bilhão. A Gauss também planeja no curto prazo expandir sua atuação em previdência, crédito e renda fixa.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso