Mainnav

BNDES vai aportar R$ 250 milh√Ķes em fundo de impacto da Lightrock

energia eolicaO fundo de impacto Lightrock Growth Equity Fund II Brasil FIP Multiestrat√©gia (LGEF II), da gestora Lightrock, vai receber aporte de R$ 250 milh√Ķes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econ√īmico e Social (BNDES) para investir em ‚Äúempresas que ofere√ßam produtos e servi√ßos inovadores e gerem impactos socioambientais positivos‚ÄĚ.
O aporte faz parte da chamada feita pelo BNDES em julho de 2021, para investir em dois fundos de impacto com foco em empresas de at√© R$ 90 milh√Ķes de faturamento e em empresas sem limite de faturamento, o primeiro chamado de FIP Impacto MPME e o segundo FIP Impacto Livre. O BNDES aportar√° em cada fundo at√© 25% do capital comprometido.
O LGEF II, com a meta de capta√ß√£o de R$ 1 bilh√£o, ter√° que buscar R$ 750 milh√Ķes no mercado para ter os R$ 250 milh√Ķes do BNDES. As empresas a serem investidas por ele podem ser de qualquer porte, sem limite m√°ximo de faturamento, mas devem ter um modelo de neg√≥cio j√° comprovado, estar em fase de crescimento, ser escal√°veis e precisar de capital para sustentar o crescimento e entregar o retorno financeiro e de impacto a que se prop√Ķem.
Ser√£o priorizados, segundo o BNDES, sete setores-chave: sa√ļde, educa√ß√£o, energia renov√°vel, agricultura e alimenta√ß√£o sustent√°vel, mobilidade e transporte eficiente, transforma√ß√£o do sistema financeiro e infraestrutura digital. O per√≠odo de investimento do fundo ser√° de quatro anos, com prazo total de oito anos.
J√° na modalidade FIP Impacto MPME, voltado a empresas de at√© R$ 90 milh√Ķes de faturamento, o BNDES exige que o fundo tenha um objetivo de capta√ß√£o de pelo menos R$ 200 milh√Ķes. ‚ÄúO apoio da BNDESPAR a esses fundos est√° alinhado com duas verticais da Estrat√©gia Nacional de Investimentos e Neg√≥cios de Impacto (Enimpacto): amplia√ß√£o de oferta de capital e aumento do n√ļmero de neg√≥cios de impacto‚ÄĚ, explicou o diretor de Participa√ß√Ķes, Mercado de Capitais e Cr√©dito Indireto do BNDES, Bruno Laskowsky.
Segundo o BNDES, a Lightrock Gestora de Recursos Ltda utilizará metodologia de impacto própria, vistoriada por auditoria independente, para mensuração periódica dos impactos de cada negócio, não só previamente, mas durante o investimento pelo fundo, que levará em conta os aspectos ambiental, social e de governança.
‚ÄúA Lightrock busca investir em companhias que tragam solu√ß√Ķes aos grandes desafios estruturais enfrentados por nossas sociedades, tanto no aspecto social quanto ambiental. Temos cada vez mais direcionado recursos para o mercado local e, nesse sentido, estamos honrados em receber o BNDES como investidor em nosso novo fundo‚ÄĚ, afirmou Marcos Wilson Pereira, s√≥cio e l√≠der para a Am√©rica Latina da gestora.