Mainnav

Schroders amplia acordos com seguradoras na gest√£o de VGBL e PGBL

Daniel Celano1A Schroders no Brasil est√° empenhada em continuar crescendo junto aos fundos de previd√™ncia aberta VGBL e PGBL . A gestora ampliou a capta√ß√£o l√≠quida desses produtos em 2022, via plataformas e planos corporativos, com R$ 250 milh√Ķes de expans√£o. Sua atua√ß√£o, que at√© o ano passado inclu√≠a parceria com quatro seguradoras, passou para cinco este ano. ‚ÄúTemos buscado maior presen√ßa entre as seguradoras de tr√™s a quatro anos para c√° e ao longo desse per√≠odo sa√≠mos de uma √ļnica seguradora para as cinco atuais, mas o ano passado foi o de maior crescimento na capta√ß√£o l√≠quida desses fundos‚ÄĚ, afirma Daniel Celano, diretor-presidente da gestora.
Celano destaca o multimercado PGBL/VGBL como um dos destaques da prateleira de previd√™ncia aberta, pela baixa volatilidade, baixo n√≠vel de risco e busca de retornos superiores ao CDI a longo prazo. Segundo o executivo, a previd√™ncia aberta √© uma das apostas da casa para 2023 porque, ao contr√°rio dos fundos de pens√£o que t√™m tido redu√ß√£o de patrim√īnio em alguns planos de benef√≠cios, os planos PGBL e VGBL t√™m apresentado crescimento constante. ‚ÄúEntram recursos todos os dias nas plataformas, ent√£o queremos ter mais VGBLs e tamb√©m mais seguradoras. Nosso objetivo √© ter capilaridade para atender desde os fundos de pens√£o at√© as seguradoras‚ÄĚ, afirma.

Investment solutions - Em 2022, sob a influ√™ncia de fatores negativos e positivos nas diversas classes de ativos, a casa conseguiu fechar o ano com capta√ß√£o de R$ 200 milh√Ķes em sua √°rea de investment solutions internacional, al√©m de ter compensado com o crescimento no cr√©dito privado as perdas nos feeders, principalmente em a√ß√Ķes globais. ‚ÄúPerdemos 40% menos do que crescemos nas outras classes Al√©m disso, insistimos no investment solutions internacional, jogando principalmente na renda fixa‚ÄĚ, diz Celano. A √°rea continua a conviver com a baixa visibilidade do cen√°rio para este ano mas a casa tem recebido mais pedidos de propostas. ‚Äú√Č incerto ainda o cen√°rio, mas vemos oportunidades em 2023 tanto na renda fixa local como global, que come√ßa a fazer sentido agora. A nossa meta √© atingir R$ 400 milh√Ķes em investment solutions‚ÄĚ, afirma.

Avers√£o a risco - Para os fundos de pens√£o, h√° preocupa√ß√Ķes com o cen√°rio global criado pela crise banc√°ria nos EUA. ‚ÄúNo entanto, a crise agora √© bem diferente daquela de 2008 e os reguladores nos EUA e na Su√≠√ßa entraram rapidamente, ent√£o n√£o vejo grande risco de cont√°gio, mas de qualquer modo aumenta a avers√£o a risco‚ÄĚ, diz. A √ļnica maneira de amenizar isso √© trabalhar para gerar performance e preservar o capital dos investidores. ‚ÄĚAumentamos as carteiras de Letras Financeiras diante da maior volatilidade no cr√©dito, mas tem termos de risco nesse mercado estamos confort√°veis‚ÄĚ, afirma.
O principal fato em rela√ß√£o ao cen√°rio internacional √© que os mercados come√ßaram este ano mais otimistas mas sofreram uma mudan√ßa radical diante das preocupa√ß√Ķes com a crise banc√°ria nos EUA, por enquanto localizada‚ÄĚ, avalia Huang Seen, CFA e l√≠der de renda fixa na Schroders.
Na margem, ele estima que isso dever√° contrair a concess√£o de cr√©dito pelos bancos e o mercado j√° trabalha com cen√°rio mais recessivo. ‚ÄúNo entanto, os bancos centrais sinalizam que n√£o v√£o apertar tudo o que poderiam em suas pol√≠ticas monet√°rias, ent√£o h√° uma desacelera√ß√£o nos ativos de risco mas h√° tamb√©m boas oportunidades na renda fixa l√° fora, com juros de 4% a 5% em cr√©ditos de alta qualidade‚ÄĚ, enfatiza.