FIDCs captam R$ 14,3 bilhões em fevereiro, diz Anbima

Os Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs) captaram um total de R$ 14, 3 bilhões no mês de fevereiro,segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). O movimento,de  acordo com a própria associação, foi atípico e concentrado em apenas alguns investidores institucionais.

No total, a indústria de fundos captou R$ 24,8 bilhões no último mês, o que representa um crescimento de 57,7% comparado com janeiro. Além dos FIDCs, o segmento de previdência também teve boa captação de R$ 7 bilhões no período, mas a Anbima explica que volume se deve à alteração de alguns fundos que antes eram classificados como renda fixa para a categoria de previdência.

Na classe previdência, o movimento foi oposto. Um único fundo foi responsável pela retirada de mais de R$ 17 bilhões do segmento. Além disso, a mudança de classificação impulsionou a queda na captação da classe de ativos, que encerrou o mês com -R$ 9,2 bilhões. Ações e multimercado fecharam fevereiro com R$ 6,54 bilhões e R$ 5,79 bilhões em catação, respectivamente.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso