Mainnav

Valia promove maratona de desenvolvimento tecnológico

A Fundação Valia, em parceria com a Microsoft e Brasoftware, realizou nos dias 25 e 26 de outubro seu primeiro Hackathon, com a participação de quatro startups. O Hackathon é um evento que reúne programadores e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de softwares em uma maratona de trabalho com o objetivo de criar soluções específicas para desafios apresentados.

Durante quase 48 horas ininterruptas, as equipes trabalharam na busca de soluções viáveis para os desafios da Valia, que incluem entre outros a aceleração do desenvol

O big data bate à porta Tecnologia de processamento de grandes bases de dados entram de vez nas agendas de gestoras e de analistas do mercado de capitais

Nantes: Bram incorporou estratégias quantitativas a nova linha de fundos
Nantes: Bram incorporou estratégias quantitativas a nova linha de fundos

A queda dos juros oferecidos pelos títulos públicos federais, campeões da preferência dos aplicadores no cenário doméstico por décadas a fio, vem despertando de forma crescente o interesse de profissionais da área de investimentos pelos chamados indicadores alternativos e proprietários para a definição de estratégias de diversificação de alocação em ativos. O leque de opções é vasto. Inclui de informações com toques de serviços secretos e de inteligência – como fotos aéreas de estacionamentos de shopping centers e de florestas voltadas ao ab

Planejamento estratégico da CVM cita Blockchain e ICOs

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançou no início deste mês o Caderno Planejamento Estratégico - Construindo a CVM de 2023, no qual cita o uso da Blockchain e dos ICOs (Initial Coin Offerings).

De acordo com o presidente da autarquia, Marcelo Barbosa, a inovação tecnológica tem apresentado um papel cada vez mais importante no mercado de capitais. Ele diz que, dentre os objetivos da CVM, está o de “aumentar a eficiência da supervisão com uso de inteligência e novas tecnologias”.

Ainda de acordo com Barbosa, “o crescimen

Cardápio generoso para fundos de pensão Controlada pela Abrapp, a Conecta amplia o leque de serviços ao sistema fechado de previdência

Claudia: grade de serviços ganha sofisticação
Claudia: grade de serviços ganha sofisticação

A Conecta Soluções Associativas, criada há dois anos pela Abrapp, tem ampliado extraordinariamente seu leque de atividades, que inicialmente se resumia a gerir as dependências da universidade corporativa da entidade, a UniAbrapp. Hoje, além dessa missão original, a Conecta passou a atuar na área de seguros e consultoria imobiliária, na Escrituração Fiscal Digital (EFD), organização de eventos, comunicação e até mesmo comércio eletrônico.
“A ideia é oferecer serviços a custos mais razoáveis, repassando ganhos de escala aos fundos de pens

Associação Brasileira de Bancos lança núcleo de inovação

A Associação Brasileira de Bancos (ABBC) anunciou o lançamento de seu núcleo de inovação. “O objetivo da iniciativa é conectar as instituições associadas às fintechs, que são as impulsionadoras de inovação tecnológica do setor”, diz o comunicado da ABBA. Com isso, prossegue a associação, “cria-se a possibilidade de aperfeiçoar a experiência do usuário de serviços financeiro, ampliar a competividade e aplicar a inteligência na análise de dados para ofertar produtos cada vez mais alinhados às necessidades dos clien

Games atraem millennials Fundos de pensão europeus incluem jogos eletrônicos nas estratégias de conquista de participantes para seus planos de benefícios

Bolt to The Finish: game propiciou alta voluntária de 44% nas contribuições aos planos oferecidos pela holding Kingfisher
Bolt to The Finish: game propiciou alta voluntária de 44% nas contribuições aos planos oferecidos pela holding Kingfisher

Preocupados com a queda da adesão dos novos funcionários das empresas aos planos previdenciários, os fundos de pensão começam a recorrer a jogos eletrônicos com o objetivo de atrair novos participantes e intensificar o relacionamento com os atuais. O foco principal dessa iniciativa de caráter lúdico, cujo epicentro se encontra na Europa, são os chamados millennials, ou seja, a geração nascida a partir de 1980 e que, com grande peso na força de trabalho global, se mostra reticente em relação à necessidade de formação de poupança previdenciári

Blockchain entra nos bancos Citi, Itaú, Santander e grupo de trabalho da Febraban se dedicam à entender a nova tecnologia para implementá–la em suas operações 

Rocio Velarde, do Citi
Rocio Velarde, do Citi

Edição 300

 

Embora investimentos em criptomoedas não estejam encontrando eco nas grandes instituições financeiras, ao menos aparentemente, a utilização do conceito do blockchain está fazendo esses agentes do mercado se movimentarem para entender como funciona a nova tecnologia e como ela poderia ser inserida dentro de suas operações.
Entre os grandes bancos que têm investido em conhecimento e desenvolvimento do blockchain está o Citi, que conta com três laboratórios de inovação, em Dublin, Tel Aviv

Dados na nuvem é desafio Eficiência, mobilidade e comunicação com os participantes são vantagens de disponibilizar informações na nuvem, mas decisão ainda é complexa

Luiz Paulo Brasizza, da Abrapp
Luiz Paulo Brasizza, da Abrapp

Edição 284

 

Em um mundo onde as pessoas consultam e decidem sobre seus recursos com toques no celular – e onde a mobilidade se incorpora à rotina de diversas formas, graças à conexão e aos avanços da tecnologia da informação - será difícil para entidades de previdência complementar fechadas e gestoras de investimentos permanecerem incólumes a essas mudanças. A decisão que está na mesa hoje é sobre quais informações operar em cloud computing, ou nuvem, que é o armazenamento de dados que podem ser acessad

R$ 4,2 bilhões em 2004

Edição 160

O setor financeiro é o que mais consome recursos de TI e coloca os fornecedores de equipamentos softwares e serviços num círculo virtuoso de crescimento

Segundo dados da Febraban, os bancos investiram mais de R$ 4,2 bilhões em tecnologia da informação no ano passado. Este valor se estabilizou entre 2003 e 2004, mas houve um crescimento real, pois o real foi valorizado em 15% e uma boa parte destes investimentos é dolarizada. Ou seja, o crescimento aumenta a cada ano.
De olho neste filão, aumen

Caminho sem volta

Edição 160

Desde que a tecnologia da informação chegou no mercado financeiro, ele nunca mais foi o mesmo. O setor é o que mais investe em serviços, hardware e software

Se a necessidade de rapidez veio com a tecnologia ou a tecnologia é que provocou velocidade nas transações, não faz diferença – o fato é que o desenvolvimento da tecnologia nos últimos anos transformou o conceito de administração de recursos. O mundo dos investimentos passou a contar com transações feitas em tempo real, sem barreiras de distânc